22 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Justiça

Municípios esperam R$ 1 bi de indenização da Cesp

Fort  Atacadista - 21 ANOS

A Cesp (Companhia Energética de São Paulo) poderá pagar indenização de quase R$ 1 bilhão a sete municípios do estado. Segundo o deputado Akira Otsubo (PMDB) a indenização diz respeito ao impacto ambiental pela formação do lago da represa da usina construída na divisa de São Paulo com Mato Grosso do Sul.

Pelo menos 250 mil hectares do território sul-mato-grossense ficou inundado com a formação do lago. Podem ser beneficiados os municípios de Três Lagoas, Anaurilândia, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Bataguassu, Batayporã e Selvíria. Akira preside uma Comissão Especial da Assembleia que tem realizado audiências públicas para levantar as demandas dos municípios prejudicados. A última audiência, realizada na terça-feira, 1º de dezembro, foi em Brasilândia.

A próxima fase desta demanda é a definição das ações judiciais ou novos termos de ajustamento de conduta com a concessionária paulista. Akira revela que as negociações resultaram em dois termos de ajustamento de conduta. Como a estatal não cumpre espontaneamente os acordos, os municípios são obrigados a recorrer ao Judiciário para conseguir receber as indenizações. A Usina Hidrelétrica Engenheiro Sérgio Motta está instalada no Rio Paraná, à altura do município paulista de Rosana.

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
Annelies