26 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
IPVA 2021
Saneamento

Municípios do MS receberão treinamento para elaboração de plano de saneamento

O engenheiro Jary Castro: O Crea-MS e a Funasa, com o apoio da Assomasul e dos cinco consórcios
O engenheiro Jary Castro: O Crea-MS e a Funasa, com o apoio da Assomasul e dos cinco consórcios - DIVULGAÇÃO
O objetivo dos cursos é atender a Lei 11.445 que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico e determina o município como responsável pela elaboração do plano. De acordo com a legislação, o PMSB deve contemplar os quatro pilares do saneamento: tratamento de água, tratamento de esgoto, manejo e coleta de resíduos e a destinação de águas pluviais. Convênio semelhante foi firmado com o Crea de Minas Gerais, que durante o ano de 2013 capacitou profissionais de aproximadamente 200 cidades mineiras. O engenheiro Jary Castro, explica que os trabalhos devem ter início ainda no primeiro trimestre de 2014.
 
Parceria firmada entre a Funasa e o Crea-MS na última semana em Brasília (DF) vai possibilitar a realização de cursos gratuitos de formação, aperfeiçoamento e especialização técnica para gestores e técnicos que elaborarão os planos municipais de saneamento básico  nas cidades com menos de 50 mil habitantes.
 
O objetivo dos cursos é atender a Lei 11.445 que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico e determina o município como responsável pela elaboração do plano. De acordo com a legislação, o PMSB deve contemplar os quatro pilares do saneamento: tratamento de água, tratamento de esgoto, manejo e coleta de resíduos e a destinação de águas pluviais. Convênio semelhante foi firmado com o Crea de Minas Gerais, que durante o ano de 2013 capacitou profissionais de aproximadamente 200 cidades mineiras.
 
O presidente da Funasa, engenheiro civil Gilson Queiroz Filho, ressaltou que o Crea-MS está dando uma grande contribuição colocando toda sua estrutura a serviço do projeto. “A Funasa buscou em cada estado o parceiro mais adequado para execução desse trabalho. E, em Mato Grosso do Sul, o Conselho, a exemplo de Minas Gerais, reunia as qualidades necessárias. Com suas regionais espalhadas por todo estado e a competência técnica, podemos viabilizar a implantação dessas políticas públicas tão essenciais”, finalizou.
 
O engenheiro Jary Castro, presidente do Crea-MS, explica que os trabalhos devem ter início ainda no primeiro trimestre de 2014, após iniciados os processos para a contratação de serviços e definição de logística. “O Crea-MS e a Funasa, com o apoio da Assomasul e dos cinco consórcios, serão facilitadores da elaboração dos planos municipais que são importantes instrumentos para nortear o desenvolvimento dos municípios”, disse Castro ressaltando que os consultores e instrutores contratados pelo Crea-MS com recursos repassados pela Funasa, através do convênio, além de ministrarem as aulas, darão apoio técnico para a elaboração, implantação e manutenção dos planos nos municípios participantes”. 
 

 

Banner Whatsapp Desktop

Deixe seu Comentário

Veja Também

Mais Lidas

TJ MS
Banner TCE