29 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Caso de Polícia

Mulher é presa suspeita de jogar seu bebê contra a parede

14 janeiro 2010 - 19h00
Fort  Atacadista - 21 ANOS

   A Polícia Militar foi acionada pelo telefone 190, e ao chegar ao local encontrou várias pessoas tentando linchar a mulher.

   Inicialmente, a mãe disse à polícia que, por volta das 12h de terça-feira (12), estava com o filho no colo quando passou mal e desmaiou, caindo de um degrau em cima da criança. Ela disse que só acordou quando o marido, um ajudante de 23 anos, chegou em casa para almoçar, por volta das 13h.

   O pai do menino correu para socorrer o filho, com ajuda do avô da criança e dos vizinhos. A vítima foi levada ao Hospital Alvorada e depois encaminhada para a Santa Casa, onde permanece na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

   De acordo com o delegado, a queda do degrau não poderia ter provocado o afundamento do crânio da criança, conforme diagnóstico do médico.

   Enquanto levavam o menino para o hospital, a mulher contou para o marido e para o sogro que havia visto o vulto de um homem, com bota, de capa preta e chifres, que disse que já tinha lhe tirado um filho e que agora levaria o outro. A mulher teve gêmeos, porém, uma das crianças morreu ainda no hospital. Segundo realato da dona de casa, o homem pegou o filho, o jogou na parede e depois a empurrou.

   Segundo o avô da criança, a mulher apresenta distúrbios psicológicos, e já chegou a sufocar o menino dormindo em cima dele, época em que a avó tentou obter a guarda da criança, mas não conseguiu.

A   o delegado, a mãe apresentou a versão do vulto e disse que só acordou quando o marido chegou em casa.

 

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
MS Digital