19 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
CATADORES

Ministro do Trabalho reafirma compromisso do governo com catadores de material reciclável

Rossetto reafirmou compromisso do governo de continuar construindo acordos positivos com movimentos de catadores

30 novembro 2015 - 17h21Da redação
Divulgação
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, participou hoje (30) da abertura da 6ª Expo Catadores, feira de negócios e debates organizada pelo Movimento Nacional dos Catadores e Materiais Recicláveis (MNCR) e pela Associação Nacional de Carroceiros e Catadores de Materiais Recicláveis (Ancat), no Palácio das Convenções do Anhembi, zona norte da capital paulista. A feira segue até o dia 2 e espera receber três mil catadores e outros atores da cadeia produtiva dos resíduos recicláveis, além de representantes de 14 países da América Latina e Caribe.

Rossetto reafirmou o compromisso do governo de continuar construindo acordos positivos com movimentos sociais como o de catadores. “Graças ao esforço das lideranças, vocês hoje representam mais de 100 mil trabalhadores organizados nas diversas cooperativas e trazem dignidade ao trabalho de vocês, além da mensagem da importância da preservação ambiental”. Segundo o ministro, a presença dele no evento significa a renovação do apoio do governo ao setor.

Para um dos coordenadores do MNCR Roberto Rocha, a feira é um momento de celebrar as conquistas do último ano e de colocar em pauta os novos desafios do setor. “Uma das principais reivindicações é a de termos mais catadores fora dos lixões, programas de coleta seletiva pagos pelas prefeituras a e a não incineração do material”. Segundo ele, pelo menos metade dos 800 mil catadores de material reciclável em todo o país ainda trabalham nos lixões.

Existem atualmente 15 mil cooperativas no país, número que, segundo Rocha, precisa ser muito maior. Além disso, de acordo com o coordenador, são necessários mais investimentos para melhorar o trabalho das organizações. “Entre as melhorias necessárias para as cooperativas estão o melhor relacionamento das prefeituras com essas entidades, que devem ser um braço da administração pública. É preciso que enxerguem as cooperativas como uma prestadora de serviço importante para os municípios”, avaliou.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS