27 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Relações Internacionais

Ministro diz que Snowden prestou grande serviço ao mundo ao divulgar espionagem

17 dezembro 2013 - 16h20
O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse hoje (17) que o ex-consultor que prestava serviços à Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos Edward Snowden prestou um grande serviço para o mundo ao divulgar como funciona o serviço de espionagem praticado pelo governo norte-americano. Para o ministro, o monitoramento em massa de cidadãos e de outros governos é considerado inaceitável.
 
“Não tem nenhuma justificativa, até porque monitorar Petrobras, a presidente de um país, a primeira-ministra de outro país não tem nada a ver com terrorismo, principalmente se são países amigos”, avaliou.
 
O ministro disse também que o Brasil já tem informações suficientes sobre os sistemas de espionagem para considerar a prática intolerável. “Não sei até onde temos que investigar mais sobre isso. Mas com certeza ele deve ter mais coisas para falar”, disse.
 
Paulo Bernardo não quis comentar a possibilidade de o governo brasileiro conceder asilo a Snowden, porque, segundo ele, o assunto tem de ser resolvido no âmbito do Ministério das Relações Exteriores, ouvindo o Ministério da Justiça e a presidenta da República. “Não vou dar palpite nisso”. Uma campanha na internet pretende obter apoio da população brasileira para que Snowden receba asilo do Brasil.
Banner Whatsapp Desktop
TJ MS
Banner TCE