22 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SENAR -  Curso Técnico Agropecuário
INTERNACIONAL

Ministro da Defesa da Venezuela exige respeito aos direitos humanos

6 junho 2017 - 23h13
MÊS DA ECONOMIA COMPER

O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino López, condenou hoje o uso desproporcional da força no controle das manifestações e afirmou que não quer ver outro membro da Guarda Nacional cometendo atrocidades em suas missões.

López fez o comentário em um evento no Forte Tiuna de Caracas, a maior instalação militar da Venezuela. Ele afirmou que os funcionários que cometeram excessos deverão enfrentar as consequências e recordou que o Estado prioriza o respeito aos direitos humanos.

As palavras do ministro vêm na esteira de acusações por parte de líderes opositores e manifestantes de que a Guarda Nacional estava reprimindo violentamente as manifestações contra o presidente Nicolás Maduro, cometendo atos de vandalismo em várias localidades do país e "roubando" os pertences de manifestantes e membros da imprensa durante os eventos em Caracas. Fonte: Associated Press.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS