18 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
sebraeorienta
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
AJUDA NACIONAL

Ministro da Defesa acompanha ação do Exército em MS, depois de fortes chuvas

O sul do Estado, próximo à divisa do Paraná, foi a região mais atingida. As chuvas romperam pontes e causaram graves danos às rodovias

7 dezembro 2015 - 08h26DA REDAÇÃO COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA
Ministro da Defesa Aldo Rebelo
Ministro da Defesa Aldo Rebelo - Divulgação

O ministro da Defesa, Aldo Rebelo, está acompanhando, em Dourados (MS), as ações do Exército, que, há dois dias, apoia o governo do Mato Grosso do Sul na ajuda à população e recuperação dos estragos causados pelas fortes chuvas que atingiram a região. O governo estadual reconheceu o estado de emergência em 14 municípios. 

"O Ministério da Defesa e o Exército estão prontos para apoiar o governo do Mato Grosso do Sul e a população onde for necessário", disse o ministro, que já conversou com a presidente Dilma Rousseff e com o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, sobre a situação da população. 

Segundo o comandante da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, general Rui Yutaka Matsuda, o Exército está apoiando o governo do estado no mapeamento da região afetada. "O importante é garantir que nenhum município fique totalmente isolado, o que não ocorre até o momento", disse. 

Nesta segunda-feira (7), o helicóptero do Batalhão do Exército de Campo Grande levará o governador e uma equipe de engenheiros do Exército para o sul do Estado para mapear a região e verificar quais obras de infraestrutura serão necessárias para recuperar os estragos. O sul do Estado, próximo à divisa do Paraná, foi a região mais atingida. As chuvas romperam pontes e causaram graves danos às rodovias. 

Na região do município de Bela Vista, fronteira com o Paraguai, várias famílias ribeirinhas, em um total de 700 pessoas, foram retiradas das áreas de risco das margens do Rio Apa. "A prefeitura solicitou o nosso apoio e nós ajudamos a retirar as famílias e levá-las para o ginásio de esporte", disse o general Matsuda. "Estamos mapeando a região e acompanhando os desdobramentos. Se for necessário, nós vamos atuar de novo", afirmou. 

Em outra localidade, na região de Jardim, chuvas com vendaval destelharam muitas casas e causaram danos à rede elétrica. "Estamos apoiando a população local nessas ações de restabelecimento da infraestrutra crítica, como o fornecimento de água e energia elétrica", informou o general. 

Estrada se rompe em Coronel Sapucaia/Gazeta News

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Considerando a pandemia do novo coronavírus, você acha que o TSE deveria ter editado resolução e tornado o voto não obrigatório este ano?

Votar
Resultados
GAL COSTA
TJ MS
pmcg ms