26 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
IPVA 2021
Internacional

Manifestantes morrem em confronto com polícia na Ucrânia

18 fevereiro 2014 - 14h42
Confrontos entre milhares de manifestantes contrários ao governo ucraniano e a polícia nos arredores do Parlamento nesta terça-feira deixaram pelo menos três manifestantes mortos e 150 feridos, 30 em estado grave, informaram médicos da oposição.
 
 
Autoridades ucranianas deram o prazo de duas horas, até 18 horas no horário local (13h no horário de Brasília), para que os manifestantes encerrem os confrontos com a polícia. "Se os distúrbios continuarem, não teremos outra alternativa a não ser agir mais de forma mais enérgica, nos veremos obrigados a impor a ordem por todos os meios que a lei permite", afirma um comunicado do Ministério do Interior.
 
"Pelo menos três pessoas morreram, todas atingidas por tiros", afirmou o chefe da equipe médica Oleg Musii. Um dos manifestantes precisou ter a mão amputada e alguns sofreram traumatismo craniano, afirmam opositores. A polícia informou que 37 policiais ficaram feridos.
 
Um caminhão da polícia foi incendiado e pedras arremessadas no primeiro episódio de violência na capital Kiev em mais de três semanas. Os manifestantes marcharam para o prédio do Parlamento numa manobra para manter a pressão sobre o presidente Viktor Yanukovich para que ele abra mão de parte dos poderes presidenciais.
 
Quando foram impedidos de avançar por uma linha de caminhões cerca de 100 metros antes do prédio, os manifestantes atiraram pedras na polícia, disse uma testemunha à Reuters. Dois coquetéis molotov incendiaram dois caminhões.
 
A polícia respondeu disparando bombas de efeito moral dos caminhões e do topo do prédio para tentar dispersar a multidão.
 
Dentro do Parlamento, líderes da oposição suspenderam os trabalhos ao bloquear os oradores e insistir que os parlamentares discutissem seu pedido por mudanças constitucionais para reduzir os poderes de Yanukovich.
Banner Whatsapp Desktop

Deixe seu Comentário

Veja Também

Mais Lidas

Banner TCE
TJ MS