06 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Brasil

Mãe do menino Joaquim tem prisão preventiva decretada

4 janeiro 2014 - 17h49
Natália foi detida neste sábado
Natália foi detida neste sábado - Arquivo
Cassems
A psicóloga Natália Ponte, mãe do menino Joaquim Ponte Marques, foi presa novamente na manhã deste sábado (4) após o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decretar a prisão preventiva dela e do padrasto, Guilherme Longo. O decreto foi assinado pela 1ª Juíza de Direito Auxiliar,  Lucilene Aparecida Canella de Mello. Guilherme Longo segue detido na Delegacia Seccional de Barretos (SP).
 
Natália foi presa em São Joaquim da Barra (SP), cidade onde vivem seus pais, e levada para a Cadeia Feminina de Franca, onde permanece detida sozinha em uma cela.  A psicóloga chegou a ficar presa por 31 dias, mas foi libertada em dezembro após o Tribunal de Justiça de São Paulo conceder a ela um habeas corpus, antes da conclusão do inquérito policial.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE