25 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Legislativo Estadual

Lei de recomposição da reserva legal do Estado completa seis meses

Fort  Atacadista - 21 ANOS

 Em dezembro de 2008 o governador André Puccinelli sancionou a Lei nº 157/08. A proposta de autoria do deputado Diogo Tita é uma alternativa economicamente viável e ambientalmente correta para recompor a reserva legal das propriedades rurais do MS. A lei do deputado Diogo Tita visa amenizar o quadro de desmatamentos irregulares em Mato Grosso do Sul.
 
  No Estado, atualmente, 80% do carvão usado nas indústrias siderúrgicas é nativo, o que causa escassez de reservas legais do Estado, e consequentemente, prejuízos ecológicos. O reaproveitamento de madeiras plantadas pelas carvoarias tem sido uma saída eficaz para o meio ambiente, porém o número de siderúrgicas que utilizam esse tipo de matéria prima sustentável ainda é pequena. A crise no setor siderúrgico tem reduzido mais ainda o uso de carvão nativo. A lei de recomposição de reserva legal garante o cumprimento do Código Florestal - que prevê 20% da área como reserva legal - sem esquecer do meio ambiente, já que aumentará o seqüestro de gás carbônico, melhorará as condições do ar atmosférico, combaterá a poluição, manterá a biodiversidade e ainda proporcionará condições de retorno financeiro ao produtor rural.

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
AL MS