02 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Futebol

Kalunga tenta comprar naming rigths da Arena Corinthians

31 janeiro 2014 - 10h26
A equipe e empresa do Corinthians Futebol Clube ainda não tem data certa para mudar para nova arena, no Itaquerão e enquanto o ex-presidente do timão Andrés Sanchez, viaja mais uma vez para os Emirados Árabes, a nova arena do time do Parque São Jorge está na mira da Kalunga, segundo apurou o portal ESPN. A empresa brasileira, que patrocinou o clube entre 1985 e 1994, tem conversado com a diretoria e ofereceu cerca de R$ 350 milhões pela propriedade.
 
A companhia tem como um dos seus donos o sócio e conselheiro do clube Paulo Garcia, candidato pela oposição em 2012. Ele e o irmão Roberto Garcia fizeram pelos menos três visitas ao estádio nas últimas semanas. O acordo seria para um período de 20 anos de parceria, com aproximadamente R$ 18 milhões por ano - a pretensão inicial era de R$ 400 milhões.
 
O interesse gerou certo incômodo para algumas pessoas da diretoria. No final deste ano, o alvinegro passará por eleições e Paulo Garcia segue se reunindo com os opositores. Para outros, no entanto, a ideia apareceu em boa hora, já que não há muitas opções no mercado.
 
Opiniões e questões políticas à parte, a Kalunga, que estima ter faturado cerca de R$ 1,5 bilhão em 2013, atende um requisito importante para patrocinar a arena, o de ser uma grande empresa. Por outro lado, em princípio, por ser nacional e não ter expressão fora do Brasil, a companhia não corresponde ao objetivo de internacionalização da marca corintiana, parte do projeto do estádio.
 
Lembrando que o dinheiro dos naming rights será importante para o pagamento dos custos do estádio, que já passam de R$ 900 milhões.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE