05 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Justiça

Justiça suspende concurso estadual da Secretaria de Fazenda

6 fevereiro 2014 - 06h33
Reunião de Paula e Cruz antes da decisão
Reunião de Paula e Cruz antes da decisão - Divulgação
Cassems
A justiça estadual concedeu na tarde de ontem uma liminar suspendo o concurso público da Secretaria Estadual de Fazenda para ingresso de servidores nas carreiras de Fiscal de Rendas e Agente Tributário. A ação pedindo a suspensão do certame foi impetrada pela promotora de Justiça, Paula Volpe.
 
Paula decidiu entrar com a ação porque o governo do Estado não divulgou o nome da banca responsável pelo concurso. “Um concurso como esse precisa do máximo de transparência. Há informações de que servidores comissionados do quadro da Secretaria de Fazenda vão participar da prova e, por isso, a banca para esse certame precisa ser séria para não beneficiar ninguém”, finalizou.
 
Logo após a divulgação do edital, o deputado estadual Amarildo Cruz (PT) cobrou do governo do Estado maior transparência quanto ao concurso e exigiu a divulgação do nome da banca, porém até o momento não houve nenhuma resposta. “Fomos procurados por dezenas de pessoas que nos relataram situações preocupantes em relação a esse concurso. Fiz requerimento pedindo informações, mas até agora o Estado não se manifestou. Felizmente, a Justiça entendeu as justificativas da promotora Paula Volpe”, destacou.
 
O concurso é para preencher 60 vagas, sendo 40 para agentes tributários estaduais e 20 para fiscais de renda. Os salários iniciais que variam de R$ 6,6 mil até R$ 10,8 mil.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE