29 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Legislativo Estadual

Investimentos farão Ponta Porã superar 50% de esgotamento sanitário

16 outubro 2009 - 14h43
Rachid Waqued
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  O montante é cinco vezes maior que o total dos oito anos anteriores.Os recursos investidos no município, contratações diretas da Sanesul e verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), elevam os serviços de abastecimento de água e, principalmente, de esgoto. Nesta área, Ponta Porã passará de zero para mais de 50% de cobertura.

  Segundo o governador André Puccinelli, a meta é gradativamente ampliar a cobertura de esgoto. A exemplo de Campo Grande, onde o serviço é terceirizado pelo município, nas principais cidades do Estado operadas pela Sanesul, o governo está aumentando os investimentos.

  “Queremos elevar os índices de acordo com a progressão populacional para fazer os municípios melhorarem seus Índices de Desenvolvimento Humano (IDHs). Aqui, em Ponta Porã, vamos passar de 50% de cobertura”, afirma Puccinelli.

  Dos quase R$ 7 milhões de novos investimentos na cidade , R$ 3,5 milhões serão de recursos que a Sanesul, com o aval do governo, vai contratar junto à Caixa Econômica Federal (CEF) para aplicar no abastecimento de água. “Isso dará solução completa ao problema de abastecimento por muitos anos, mesmo com o crescimento populacional”, explica o diretor-presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa.

  De acordo com José Carlos, os investimentos refletem o reconhecimento do governo da necessidade de reforças as condições de atendimento no município. “No início de sua gestão, Puccinelli tomou a decisão administrativa de fazer de Ponta Porã uma unidade regional, não mais dependente de Naviraí”, ressalta.

  O presidente da Sanesul conta que a construção do laboratório de análises clínicas no município, inaugurado hoje, é um dos grandes investimentos que irá permitir essa regionalização.

 

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
PMCG