28 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Entidade

Inaugurada nova sede da Agência Estadual de Metrologia com investimento de R$ 1,6 milhão

Nova sede do Inmetro oferece conforto e comodidade para funcionários e consumidores
Nova sede do Inmetro oferece conforto e comodidade para funcionários e consumidores - Thiago Lenis
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Na presença de toda a cúpula nacional do Instituto Nacional de Metrologia Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e dirigentes das unidades estaduais do Inmetro de todo o País, foi inaugurada na última terça-feira  a nova sede  da Agência Estadual de Metrologia (AEM/MS), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).        

As novas instalações contaram com um investimento de R$ 1,6 milhão. O local possui 1.200 metros quadrados divididos em quatro blocos, onde irão funcionar a administração, os laboratórios e os outros departamentos do órgão. Na nova sede a AEM também terá disponível um auditório com 63 lugares.

O governador André Pucccinelli foi representado pela secretária de Produção Tereza Cristina Correa da Costa, que elogiou a atual direção da Agência e comemorou a informação de que a AEM/MS vai ser credenciada para emitir a certificação da qualidade do álcool produzida em Mato Grosso do Sul, que a partir da instalação e funcionamento de 26 novas usinas de álcool, vai se tornar o segundo maior produtor nacional do combustível “ que é uma alternativa brasileira que ainda enfrenta resistência no exterior para se tornar um produto de exportação”.

Segundo o presidente nacional do Inmetro, João Alziro Herz da Jornada, esta certificação vai levar em conta nossa pureza e qualidade do álcool, mas também se nas usinas onde foi produzida a legislação ambiental e trabalhista foi obedecida. Herz da Jornada não poupou elogios ao desempenho da Agência Estadual “ esta casa de cidadania” cujos dirigentes “ fazem uma gestão eficiente, atuando de forma articulada, fazendo política com P maiúsculo em favor da cidadania”.

A inauguração da sede foi prestigiada por deputados estaduais - Reinaldo Azambuja, Zé Teixeira, além de Ari Rigo, presidente regional do PDT, vereadores Paulo Pedra e Loester Nunes, prefeito de Sidrolândia, Daltro Fiúza, presidente da Câmara Municipal, Nelson Feitosa, além dos vereadores Ilson Peres, Ilson Barbosa Fernandes (vice-prefeito eleito) e o vereador eleito Waldemir Costa. Da direção nacional do Inmetro vieram além do presidente, João Alziro Herz da Jornada, o coordenador geral da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade, Omer Pohlmann Filho e o diretor de administração e finanças, Antonio Carlos Godinho Fonseca.

Neste ano a agência completou 25 anos de atividades no Estado e sempre funcionou no mesmo local. A sede inaugurada está localizada ao lado das antigas instalações. Segundo o diretor-presidente, Ademir Osiro, a demanda crescente do trabalho realizado pelo órgão necessitava de um ambiente de trabalho ainda mais adequado, visto que o antigo espaço tornou-se pequeno por isso. “O Inmetro cresceu muito no Estado e nosso trabalho tomou uma proporção imensa. Na nova sede, terá mais espaço nos laboratórios, principalmente o pré-medidos, aonde serão realizados serviços de calibração de padrões metrológicos e instrumentos de medição”, ressalta Osiro.

Em seu pronunciamento Osiro destacou que a sul-mato-grossense tem se tornado cada vez mais responsável , mais exigente com relação a qualidade, e isso tem se traduzido no crescimento de novas e diversificadas demandas. “Temos cumprido nosso papel e continuaremos avançando”, destacou lembrando que há poucos dias foi inaugurada a primeira base de aferição do país do cronotacógrafo (ou tacógrafo) que monitora a velocidade de ônibus, vans e veículos de cargas. A partir de 2009, com a chegada e a instalação dos equipamentos. Hoje esta aferição é feita só na compra do tacógrafo e com a entrada em vigor de uma resolução do Inmetro passará a ser realizada de dois em dois anos.

Como reflexo do trabalho desenvolvido no Estado, a produção da AEM/MS tem crescido ano após ano. Em 2006, de janeiro a outubro, conforme os números citados por Ademir, foram realizadas 10 mil verificações de instrumentos, em 2007, 48 mil e em igual período de este, foram mais de 150 mil fiscalizações. Todo esse crescimento incrementou a arrecadação. Em 2006, também nos 10 primeiros meses do ano, a receita foi de R$ 3 milhões. Em 2007, o número cresceu para R$ 4 milhões e em 2008, são mais de R$ 8 milhões. Um crescimento de 50% entre 2007 e 2008 e de 97 entre 2006 e 2007.

Ademir Osiro destacou ainda como “grande conquista”, a adoção do SGI, Sistema de Gestão Integrado do Inmetro, a renovação de toda a frota. Uma das metas a serem buscadas é a construção da sede da regional de Dourados.

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
ALMS