27 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
INFRAESTRUTURA

IBGE constata aumento na área de 4 estados e 27 municípios

Traçado das fronteiras foi atualizado pelo instituto, o que alterou as divisões político-administrativas das cidades

1 julho 2016 - 14h10DA REDAÇÃO
Dados são referência para cálculo da população que mora nos 5.570 municípios
Dados são referência para cálculo da população que mora nos 5.570 municípios - Divulgação

Na última quinta-feira (30), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os dados da Divisão Político-Administrativa (DPA).

O documento demonstra que o tamanho de seis estados e 63 municípios mudou: Rondônia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina tiveram expansão de sua área. O mesmo foi verificado em 27 municípios. Já no Espírito Santo e Mato Grosso e em outras 63 cidades do País, o instituto constatou redução da área total.

Contudo, a superfície total do País se manteve a mesma, com 8.515.767,049 km². Essas mudanças ocorrem por conta de avanços tecnológicos na cartografia e geociências e atendem, também, às alterações nas legislações estaduais que fixam os limites dos municípios e às determinações de ordem judicial.

Essa verificação é importante pois o território é referência para as estimativas da população residente nos 5.570 municípios, produzidas anualmente pelo IBGE.

Novas divisas

A área total de Rondônia passou de 237.590 km² para 237.765 km², um aumento de 15 km² na área. No caso do Rio de Janeiro, a variação foi de 4 km² e ficou em 43.781 km². O novo tamanho de Santa Catarina é de 95.737 km², também 4 km² a mais do que o último registro. No Rio Grande do Sul, a variação foi de 6 km², e agora mede 281.737 km². Essas variações foram estabelecidas com a atualização do traçado das fronteiras do País com o Uruguai e a Argentina. 

Entre os municípios, destacaram-se as alterações de acréscimo nas áreas de Brejo de Areia (MA), que aumentou 172,%, passando de 362,464 km² para 986,036 km², e Banzaê (BA), que teve a área aumentada em 79,97%, passando de 227,544 km² para 409,507 km².

As maiores reduções de áreas foram registradas em Lagoa Grande do Maranhão (MA), decrescendo em 20,64%, passando de 937,714 km² para 744,201 km², e Paranatama (PE) decrescendo em 19,71%, passando de 230,888 km² para 185,371 km².

Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE
TJ MS