25 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracajunov
INTERNACIONAL

Grécia quer inclusão no programa de estímulos do BCE

29 maio 2017 - 23h16
Fort Atacadista Natal

A Grécia pediu hoje para que o Banco Central Europeu (BCE) colocasse o país em seu programa de compra de juros, mesmo que isso signifique um relaxamento das exigências da autoridade monetária para tal apoio.

O ministro das Finanças grego, Euclid Tsakalotos, disse que o BCE deveria incluir a dívida grega no seu programa de relaxamento quantitativo para ajudar o país a retornar ao mercado de bônus e encerrar a dependência de empréstimos de resgate dos governo europeus.

Uma decisão do BCE favorável ao pedido impulsionaria a confiança dos investidores na Grécia e poderia ser um ponto de virada para o país, que vive uma crise de dívida há oito anos. Mas anteriormente o BCE disse que não colocaria a Grécia em seu programa até que o Fundo Monetário Internacional (FMI) diga que a dívida grega é sustentável.

O FMI, no entanto, está se recusando a dizer isso até que a Alemanha e outros governos da zona do euro concordem em reestruturar seus empréstimos à Grécia. O governo grego teme que o FMI e a Alemanha possam concordar em adiar ainda mais as discussões sobre a dívida grega e que o BCE não ajuda a Grécia através do relaxamento quantitativo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia