30 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial

Governador recebe empresa fabricante de veículos movidos a eletricidade

29 julho 2009 - 16h35
Rachid Waqued
Fort  Atacadista - 21 ANOS

 O governador André Puccinelli recebeu hoje (29), em seu gabinete, diretores da empresa brasileira Oxxor Motors, fabricante e revendedora de veículos movidos a eletricidade. E empresa veio a Campo Grande com interesse em implantar uma filial no Estado direcionada ao segmento agropecuário.

    Segundo o diretor-financeiro da Oxxor, Sandro Marcelo Kozikaski, a intenção do grupo é atender, inicialmente, o segmento agrícola em Mato Grosso do Sul. “Já temos uma base operacional em Curitiba, no Paraná, que atende o mercado consumidor com veículos utilitários. Em Mato Grosso do Sul, nossa proposta é incrementar o maquinário e implementos agrícolas com tratores e colheitadeiras movidas a eletricidade” afirmou Sandro.

    O representante da Oxxor afirma que estes veículos são ecologicamente corretos e são uma alternativa econômica tendo em vista a crise mundial do petróleo. “A grande vantagem é que as baterias que movem esses veículos podem ser recarregadas em tomadas comuns, dentro de casa, em postos de gasolina, em shoppings e outros locais onde há fornecimento de energia” explicou Sandro.

    Atualmente, a empresa Oxxor Motors importa os veículos elétricos da China, mas pretende iniciar a fabricação no Brasil. Entre os modelos há opções de picape, minivan, ônibus, caminhão, triciclo, quadriciclo, compactos e máquinas agrícolas.


   No último dia 20, a Oxxor firmou um contrato com a Prefeitura de Campo Largo (PR) para a instalação de uma fábrica de veículos utilitários, furgões, caminhonetes e pequenos caminhões naquele município. Os investimentos iniciais são da ordem de U$ 150 milhões, com geração de cinco mil empregos diretos e indiretos, no período de cinco anos.
 
   Segundo o presidente da empresa João Paulo de Oliveira Mello, a Oxxor é a primeira montadora de carros elétricos puros do mundo, com emissão “zero” de poluentes. Junto com a preocupação com o meio ambiente, também há priorização da linha de produção humana. Ainda conforme o presidente, nas indústrias da Oxxor não são utilizados robôs.

   A expectativa da empresa é iniciar a operação da primeira fábrica de carros elétricos do País em março de 2010. Em Campo Largo serão produzidos 10 modelos diferentes de veículos e, em 10 anos, a previsão é produzir 100% das peças no Brasil.

    Estiveram presentes na reunião, o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho; presidente da Oxxor, João Paulo de Oliveira Mello; vice-presidente da Oxxor, Levi de Andrade; diretor jurídico Flávio Panciere; consultor operacional Ariel Teixeira, secretária de Estado de Produção, Tereza Cristina, e o deputado Estadual Márcio Fernandes.

 

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
ALMS