21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Obras

Financial Construtora entrega aterro sanitário de Três Lagoas, maior obra ambiental do Estado

Momento do descerramento da placa inaugural do aterro sanitário que pôs fim ao lixão de Três Lagoas
Momento do descerramento da placa inaugural do aterro sanitário que pôs fim ao lixão de Três Lagoas
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  O projeto foi elaborado e executado pela Financial Construtora. Foram investidos R$ 4.621.867,63 em uma área de 2.513,22 metros, toda cercada de barreira vegetal.

  O aterro está estruturado para atender 100% da demanda urbana e dos distritos, que somam 90 toneladas de lixo coletadas diariamente no município. Todo o gás metano produzido é queimado e o chorume (liquido produzido pela decomposição do lixo) vai para a lagoa de tratamento onde recebe o controle de afluentes com 90% de eficácia; a água limpa e tratada vai para o córrego do Palmito.

  A inauguração teve a presença da prefeita Simone Tebet, vereadores, autoridades do Ministério Público, secretário Municipal do Meio Ambiente, representante do Ibama, empresários, professoras , alunos e demais convidados.

 O projeto do aterro sanitário elaborado pela Financial Construtora Industrial Ltda, buscou uma solução tecnológica adequada ao porte do município, considerando as questões sanitárias, ambientais, sociais e econômicas. O aterro inaugurado integra os resíduos da coleta sólido domiciliar e dos serviços de saúde. 

  Este é o primeiro aterro do Mato Grosso de Sul totalmente dentro do que preconiza a legislação ambiental. O projeto foi mensurado para um período de cinco anos na primeira etapa e na fase final para um período de mais cinco anos.

  A área destinada ao aterro também conta com vala para resíduos da construção e demolição e armazenamento temporário para resíduos industriais.
 O aterro sanitário -  O aterro possui guarita, balança, almoxarifado, rampas de abastecimento e lavagem, garagem e oficina.

  As valas impermeabilizadas são construídas com argila compactada, revestida com manta de polietileno de alta densidade, com essa técnica garante-se o isolamento total dos resíduos, preservando o solo e os recursos hídricos.

  A adequada drenagem do chorume líquido gerado pela decomposição dos resíduos garante o controle dos efluentes que são tratados em lagos de decantação e recirculam, sem causar danos ao meio ambiente. O monitoramento das águas subterrâneas e superficiais é feito periodicamente e garante a eficácia de todo o processo.

 

Recuperação do antigo lixão -  Dentro do projeto do aterro foi efetuado todo levantamento preliminar no antigo lixão, através de estudos de investigação ambiental confirmatória e de avaliação de riscos á saúde humana, para determinar vários fatores como potencial de contaminação, área contaminada, área de reabilitação, instalações de poços de monitoramento, delimitação de pluma de contaminação e a partir destes estudos iniciou-se o processo de construção de drenos horizontais precolados, bem como a instalação de queimadores de gás metano drenagens superficiais e cobertura vegetal.
 Toda essa estrutura garante o fim do mau cheiro e a não proliferação dos vetores. O aterro ainda conta com um sistema de fechamento de cerca com cortina vegetal, tendo como função principal evitar ingressos de “ catadores “, animais ,veículos e pessoas não autorizadas.

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
ALMS