22 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Entidade

Fiems e Banco do Brasil promoveram ação em prol do Instituto Luther King

Sérgio Longen, fundador do Instituto Aleixo Paraguassu, deputado Paulo Duarte e Caio Neves (BB)
Sérgio Longen, fundador do Instituto Aleixo Paraguassu, deputado Paulo Duarte e Caio Neves (BB) - Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Uma ação entre amigos promoveu a responsabilidade corporativa e a solidariedade na noite de última quinta-feira, 20.

O presidente da Fiems – Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul -, Sérgio Marcolino Longen, o superintendente do Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul, Caio Neves, e o deputado estadual Paulo Duarte (PT/MS) realizaram um jantar filantrópico em prol do Instituto Luther King de Campo Grande. De acordo com Sérgio Longen, o evento foi organizado para garantir a arrecadação de fundos para subsidiar o transporte dos alunos mantidos pelo instituto.

“Antes de tudo, essa ação é um compromisso de todos nós com o Instituto e com a sociedade. O trabalho realizado pela instituição nos mostra que é preciso nos mobilizar dar a nossa contribuição para que esse trabalho maravilhoso continue e se estenda ainda mais para outros jovens. Com esse intuito, nos sentimos na obrigação de juntos viabilizamos recursos para garantir o transporte coletivo dos alunos do Instituto em 2009”, detalhou Sérgio Longen.

Para Paulo Duarte, a ação representa a realização de um compromisso pessoal e para com a sociedade. “Depois que você conhece o trabalho do Instituto é difícil não sentir vontade de contribuir. E hoje anunciamos que a quantia de R$ 60 mil necessária para custear o transporte em 2009 está garantida”, revelou, dirigindo-se ao vice-presidente e fundador do Instituto Aleixo Paraguassu.

O superintendente do Banco do Brasil revelou que ações pontuais são fundamentais para que sirvam de incentivo para que outras sejam realizadas no mesmo sentido. “É dessa forma que esperamos que muitos cidadãos sejam formados e contemplados com essas atitudes de incentivo à formação individual e acadêmica”, reforçou, referindo-se a educação que o Instituto oferece a jovens carentes.

Segundo Caio Neves, esse primeiro evento serviu de incentivo para que amigos convidem outros amigos para, uma vez por mês, jantarem no Restaurante Casa Colonial, que deverá destinar os recursos para a Instituição. “Já estamos articulando para que numa data definida possamos vir ao restaurante, tendo em vista essa iniciativa e o restaurante, por sua vez, destine a receita para o Instituto Luther King”.

O proprietário do restaurante, Ademir Francesco, revelou que já recebeu a solicitação e está estudando com a sócia-proprietária como serão essas ações. “O Sérgio Longen, o Caio Neves e o Paulo Duarte já expuseram a proposta e agora estamos estudando, a minha sócia e eu estamos analisando como deveremos proceder nessas datas”, assegurou.

Reflexos - Agradecendo em nome do Instituto Luther King, Aleixo Paragassu explicou que o ILK é bem conhecido e recebe muitas doações, algumas até anônimas, mas reforçou a importância de cada uma delas. “Que essa iniciativa liderada pela Fiems, inspire ainda mais o setor privado, não só a indústria, mas o comércio, serviços e todos os outros que sentirem vontade de ajudar para que juntos possamos promover um mutirão para suprir as deficiências que o Estado não consegue, principalmente na educação que é a base de tudo”, ressaltou. Emocionado e representando os cerca de 160 jovens que são beneficiados com cursinhos gratuitos preparatórios para o vestibular pelo ILK, o formando em Direito Eduardo Anderson Pereira, de 28 anos, revelou que antes de freqüentar as aulas na instituição vivia sem perspectivas.

Instituto - O Instituto Luther King é uma organização que luta contra a desigualdade racial e exclusão de negros e indígenas. “O ILK tem um sonho: criar uma sociedade mais justa, com a inclusão de cidadãos menos favorecidos”, revela o presidente Aleixo Paragassu. Segundo ele, o Instituto oferece ensino preparatório para o vestibular e reforço escolar para ensino médio, inteiramente gratuitos, voltados para jovens carentes, em especial os provenientes das minorias sociais, como afro-descendentes, índios e portadores de necessidades especiais.

Serviço - Para fazer doações ao Instituto Luther King os interessados podem ir até a sede da entidade, que fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 603, Centro, Campo Grande, ou pelo telefone (67) 3384-8919.

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
Annelies