05 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju natal
CONSCIENTIZAÇÃO

Feirão do imposto 2017 inicia ações de conscientização

Palestra e dia sem imposto fazem parte da campanha “Chega de Mão Grande”, apoiada pela ACICG por meio do seu Conselho de Jovens Empresários (CJE)

12 maio 2017 - 15h00Da Redação
O Impostômetro é um painel eletrônico instalado na fachada sede da ACICG, em frente à Praça Ary Coelho, que mostra a arrecadação da Capital, do Estado e País em tempo real
O Impostômetro é um painel eletrônico instalado na fachada sede da ACICG, em frente à Praça Ary Coelho, que mostra a arrecadação da Capital, do Estado e País em tempo real - Divulgação
Fort Atacadista Natal

Com tema Maio é o mês nacional de mobilização e conscientização sobre os altos impostos cobrados no Brasil, e o tema da campanha neste ano é ‘Chega de Mão Grande’. Na Capital, a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), por meio do seu Conselho de Jovens Empresários (CJE), o Observatório Social de Campo Grande e a CDL Jovem (Câmara de Dirigentes Lojistas) vão promover diversas atividades de orientação aos contribuintes.

No dia 18, próxima quinta-feira, às 19h, o advogado especialista em Direitos Coletivos Francisco Macedo vai ministrar uma palestra sobre transparência e controle social. O objetivo é conscientizar os participantes sobre a corrupção, alta carga tributária, despesas públicas elevadas e a ineficiência do poder público. O local é o Complexo Multiuso da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, e a inscrição deve ser feita pelo site http://bit.ly/chegademaograndems.

A cidade de Três Lagoas também sediará a palestra que acontecerá no dia 17, às 19h, no auditório do Campus 2 da UFMS. Na ocasião o palestrante será o co-fundador do Observatório Social de Campo Grande Hugo Oliveira.

Rodney Júnior, membro do CJE e coordenador do Feirão do Imposto em Mato Grosso do Sul explicou que todas as atividades foram pensadas para inspirar a população a reagir. “As ações organizadas por diversas entidades têm por objetivo fazer com que a sociedade reflita sobre o impacto da corrupção nos impostos e, sobretudo, por meio de informações, dar base para que as pessoas se movimentem contra a corrupção e a favor da utilização dos tributos em benefício da sociedade”, contribui.

Feirão do Imposto – Em 2017 a mobilização nacional vai acontecer no dia 27 de maio. No ano passado, postos de gasolina, óticas, farmácias e até autoescolas participaram do movimento. “Estamos abertos ainda às pessoas que queiram aderir ao movimento. Será um dia em que os comerciantes terão a oportunidade de mostrar quanto custam seus produtos com e sem os impostos embutidos no preço, e a população terá a oportunidade de entender sua participação nesse processo de arrecadação, uma vez que muitas acham que não estão pagando impostos”, explica Rodney. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (67) 99905-6701.

Em Mato Grosso do Sul o Feirão do Imposto é realizado pela Conaje (Confederação Nacional dos Jovens Empresários), pelo CJE (Conselho de Jovens Empresários) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, pela CDL Jovem (Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem de Campo Grande) e AJE-TL (Associação de Jovens Empresários de Três Lagoas).

Impostômetro - Para conscientizar a população sobre os altos tributos cobrados pelo poder público, em 2016 a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) inaugurou o Impostômetro, um painel eletrônico instalado na fachada da sua sede, em frente à Praça Ary Coelho, e que mostra a arrecadação da Capital, do Estado e País em tempo real, a qualquer hora do dia.

O presidente da Associação Comercial, João Carlos Polidoro, explica que a iniciativa faz parte de uma luta antiga da entidade pela redução da carga tributária. “O povo não aguenta mais pagar a conta, pois a cada necessidade ou dificuldade, o governo eleva os impostos. Somos contra, pois isso emperra o desenvolvimento prejudicando empresas, empregos e a sociedade. E nem sempre a arrecadação volta em serviços públicos para beneficiar a população. Queremos que as pessoas se conscientizem do quanto pagam, e cobrem mais pelos seus direitos, e tanto o impostômetro quanto o Feirão do Emprego são excelentes ferramentas que contribuem com esse processo”, afirma.

O funcionamento do Impostômetro da ACICG é uma das ações realizadas pelo movimento #JuntosFaremos, que entre suas diversas bandeiras luta por Menos Impostos e por uma Gestão Pública eficaz. Somente nos quatro primeiros meses deste ano, a população já pagou quase R$800 bilhões ao Governo Federal. Em Mato Grosso do Sul, no mesmo período, o valor de impostos pagos pelos contribuintes ultrapassou R$7 bilhões, e em Campo Grande foram quase R$346 milhões arrecadados, também de 1 de janeiro a 30 de abril.

Banner Whatsapp Desktop
Natal Comper

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

O que você pretende fazer com o 13º salário?

Votar
Resultados
Comper sem sair de casa
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia
PREF DE MJU