03 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PREF DE MJU
GERAL

Famílias de Araraquara registram na polícia mortes suspeitas de dengue

25 fevereiro 2019 - 14h35
Fort Atacadista Natal

Duas famílias procuraram a Polícia Civil para registrar as mortes de parentes por dengue, no sábado, 23, em Araraquara, interior de São Paulo. A cidade está em situação de emergência e vive epidemia pela doença, com 1.668 casos confirmados, segundo a prefeitura. Os registros dão conta da morte de um idoso de 88 anos e de uma consultora de vendas de 33 anos com diagnóstico de dengue. De acordo com a Secretaria de Saúde, a confirmação da causa das mortes ainda depende de exames de amostras feitos pelo Instituto Adolfo Lutz.

A cidade tem uma morte confirmada e já havia outras duas sob investigação. No sábado, a filha do idoso informou à polícia que ele morreu com suspeita de dengue hemorrágica, após ser internado na Santa Casa de Araraquara. Antes, ele tinha sido atendido na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Vila Xavier. No caso da consultora de vendas, o registro foi feito pelo marido da vítima no plantão da Polícia Civil. Segundo ele, a esposa também passou pela unidade da Vila Xavier e foi internada na Santa Casa.

Em nota, a prefeitura informou que "diante de possíveis óbitos por suspeita de dengue, a Secretaria Municipal de Saúde se solidariza com os familiares e amigos das duas vítimas. As autoridades de Saúde aguardam os laudos das investigações, que são elaborados pelo Instituto Adolfo Lutz, com o objetivo de obter ou não as confirmações das causas das mortes". Neste sábado, a prefeitura realizou mais um mutirão de retirada de criadouros e combate ao mosquito, além da visita dos agentes de controle de vetores em residências de 13 bairros.

Banner Whatsapp Desktop
Comper sem sair de casa

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

O que você pretende fazer com o 13º salário?

Votar
Resultados
Natal Comper
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia
PREF DE MJU