24 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
GERAL

Especialista se diz perplexo e ONG fala em discriminação

7 agosto 2018 - 06h23
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

Professor de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Marcelo Figueiredo disse que a decisão causa "perplexidade". "Do ponto de vista formal, não compete ao Judiciário regular essa matéria de entrada e saída de estrangeiros. Isso é da competência do Executivo. A decisão não tem princípio e não é um juiz que deveria fazer essa interpretação."

Em nota, a organização Human Rights Watch disse que a medida "é uma violação direta" das obrigações legais internacionais do País. "É ainda mais perverso - para não dizer discriminatório - aplicá-lo (o bloqueio da fronteira) exclusivamente a venezuelanos. (Segundo as Nações Unidas) tem ficado cada vez mais claro que um número significativo (de venezuelanos) está de fato necessitando proteção internacional." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
GAL COSTA
pmcg ms
TJ MS