26 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
IPVA 2021
Enersul

Enersul culpa térmicas por aumento e pede reajuste de 12,65% na energia

11 março 2014 - 15h35
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) irá analisar pedido de reajuste de 12,65% na tarifa de energia elétrica em Mato Grosso do Sul a partir de 8 de abril deste ano. O pedido foi feito pela Empresa Energética de Mato Grosso do Sul (Enersul), que atribuiu o alto índice à utilização das termoelétricas em decorrência da estiagem em várias regiões do País. 
 
Se a condição climática do biênio 2013-2014 fosse favorável, segundo a concessionária, o efeito médio percebido pelos consumidores seria de aproximadamente 4,87%, abaixo da inflação de 5,95%, conforme o Índice Geral de Preços ao Mercado.
 
A classe de consumo e da tensão de atendimento de cada consumidor influenciará no aumento da conta de luz, segundo a Enersul.
 
O alto custo de funcionamento das usinas termoelétricas, que foram acionadas em 2013 e que devem continuar funcionando em 2014 para contrabalançar a diminuição de energia produzida pelas usinas hidroelétricas, foi o principal responsável pelo aumento.
 
"Esse problema é devido tanto da falta circunstancial de chuvas quanto de obstáculos impostos no passado à construção de novas usinas dotadas de reservatórios com capacidade de armazenar água na época de chuvas fartas para uso nas estiagens", diz a empresa. 
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE
TJ MS