25 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
REFUGIADOS

Dinamarca vota hoje lei que pode confiscar bens de imigrantes

Os refugiados terão que dar para as autoridades todo o dinheiro que levarem e que exceder as 10 mil coroas dinamarquesas.

26 janeiro 2016 - 16h35DA REDAÇÃO

A votação do Parlamento da Dinamarca à lei que estabelece o confisco de bens, dinheiro e joias dos  imigrantes que buscam permanência no país acontecerá  hoje (26).

A sarcástica medida prevê o atraso  da reunião das famílias separadas pelos conflitos.
Segundo o Jornal do Brasil online, os refugiados terão que dar para as autoridades todo o dinheiro que levarem e que exceder as 10 mil coroas dinamarquesas (cerca de US$ 1.450). Além disso, todas as joias que forem avaliadas acima desse valor deverão ser entregues ao governo como forma de "pagar sua estadia".

Após a negociação do governo com os partidos, ficou decidido que "itens de valor sentimental", como "alianças de casamento e de noivado, retratos de família, decorações pessoais e medalhas" estão isentas do confisco. Contudo, poderão ser retidos "relógios, celulares e notebooks".

Para diminuir o aumento de imigrantes, a medida ainda prevê o retardamento para até três anos da reunião das famílias separadas, o que "desencorajaria" novos imigrantes de tentarem buscar asilo na Dinamarca.

A ação foi comparada por entidades ligadas às Nações Unidas  como as feitas pelos nazistas contra os judeus na época da Segunda Guerra Mundial.

 

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
pmcg ms
TJ MS