05 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Mensalão

Descoberto plano para extorquir Marcos Valério

1 fevereiro 2014 - 09h37
Cassems
À espera da chegada de Marcos Valério, a administração da penitenciária mineira Nelson Hungria detectou um plano de presidiários para extorquir o ex-operador das arcas clandestinas do PT assim que ele chegasse. Planejavam a investida líderes de uma facção criminosa chamada Comop, Comando Mineiro de Operações. A trama foi descoberta graças a um sistema de monitoramento de conversas de presos que funciona na cadeia, localizada na cidade de Contagem.
 
Deve-se a revelação à repórter Josie Jeronimo. Ela ouviu o coordenador do Comando de Operações Especiais da cadeia mineira, Adeilton Souza Rocha. Que confimou o ocorrido e relatou as providências adotadas. “Com o intuito de coibir isso, redobramos a vigilância para monitorar individualmente esse preso com poder aquisitivo. Não queremos trazer um fato político para dentro da nossa unidade.”
 
De resto, os líderes da tal facção foram transferidos para outro pavilhão. E Valério, quando chegar, terá de passar um mês isolado, “em observação”. Preso na penitenciária da Papuda, em Brasília, Valério aguarda autorização do STF para se transferir para Minas, seu Estado.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE