26 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
senar
Desapropriação

Desapropriações da Funai em 26 municípios vão comprometer 25% do PIB do Estado

Divulgação
MÊS DA ECONOMIA COMPER

A publicação no dia 10 de julho deste ano de seis portarias da Funai, que tratam da realização de estudos antropológicos para subsídio a futuras ações de demarcação de áreas indígenas em 26 municípios de Mato Grosso do Sul, vão comprometer 25% do PIB (Produto Interno Bruto) estadual ou R$ 4,7 bilhões em valores correntes de 2005.

A projeção é do Radar Industrial, produzido pela Diretoria de Gestão Estratégica da Assessoria de Economia da Fiems - Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2007, a região concentra 635.491 habitantes - o que equivale a 28% de toda a população do Estado - distribuídos nos municípios de Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Bonito, Caarapó, Caracol, Coronel Sapucaia, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Iguatemi, Japorã, Jardim, Juti, Laguna, Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Sete Quedas, Tacuru e Vicentina.

Indústrias - De acordo com o levantamento do Radar Industrial com base na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), a área abrangida pelos 26 municípios compreende um total de 12.650 estabelecimentos econômicos, sendo 4.311 ligados ao comércio, 2.702 de serviços, 62 vinculados à administração pública, 4.568 ligados à agropecuária e 1.007 estabelecimentos de caráter industrial.

Ainda conforme o Radar Industrial, levando em consideração o Cadastro Industrial da Fiems, em abril de 2008 foi registrada a existência de 1.234 estabelecimentos de caráter industrial na região, ou seja, em relação ao número disponibilizado pela RAIS para o ano de 2006, em pouco mais de um ano houve um incremento de 23% no número de estabelecimentos industriais na área compreendida pelos 26 municípios.

Os empreendimentos industriais verificados se concentram nas seguintes atividades: confecção e vestuário, construção civil, extração de minerais metálicos, extração de minerais não-metálicos, fabricação de açúcar, fabricação de bebidas, fabricação de carrocerias metálicas, fabricação de equipamentos de transporte (exceto veículos), fabricação de equipamentos eletro-eletrônicos e informática, fabricação de Máquinas e equipamentos, produção de biocombustível, entre outros.

Banner Whatsapp Desktop
Senar
TJ MS