27 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
AGEPEN

Com verduras orgânicas e artesanatos em pérolas, presídio cria espaço aberto à população em Dourados

A iniciativa é realizada pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), por meio da direção do presídio, em parceria com a 3ª Vara de Execuções Penais

27 maio 2017 - 08h00
O Renascer é destinado à venda de artesanatos, verduras orgânicas e plantas medicinais que são cultivadas pelas reeducandas.
O Renascer é destinado à venda de artesanatos, verduras orgânicas e plantas medicinais que são cultivadas pelas reeducandas. - Divulgação

Renascer é o nome do espaço que acaba de ser inaugurado no Estabelecimento Penal Feminino de Regimes Semiaberto e Aberto de Dourados (EPFRSAAA-D), destinado à venda de artesanatos, verduras orgânicas e plantas medicinais que são cultivadas pelas reeducandas dentro da unidade penal. Quem for ao local também poderá se deliciar com um suco detox feito na hora com hortaliças fresquinhas, colhidas na horta da unidade prisional.

A iniciativa é realizada pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), por meio da direção do presídio, em parceria com a 3ª Vara de Execuções Penais. Além de aproximar a comunidade do trabalho significativo desenvolvido no estabelecimento penal, a novidade é uma forma de incentivar a ocupação produtiva das mulheres, em situação de prisão, ao proporcionar novas expectativas assim que conquistarem a liberdade.

O Espaço Renascer foi inaugurado esta semana e funciona anexo ao presídio, na rua Gáspar Castro, 3418, quase na altura da rua Ciro Melo, no Jardim Paulista. O local está aberto ao público de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h, e não tem acesso à área de segurança do estabelecimento penal. Da loja onde estão sendo vendidos os produtos, é possível ver a horta orgânica, através de um vidro instalado na divisória.

Segundo a diretora da unidade prisional, Luzia Aparecida Ferreira, a intenção é que a sociedade em geral conheça o local, que é público, e possa conferir a qualidade do que é oferecido. “São peças bem-acabadas e de muito bom gosto que as internas produzem. Temos artesanatos variados, entre eles, estão os que são feitos com aplicação de pérolas em madeiras, caixarias e etc.”, comenta.

As verduras e as plantas medicinais são cultivadas sem aditivos químicos, são orgânicas e mais saudáveis. “Vale a pena vir ao Espaço Renascer e conhecer o que estamos oferecendo, nossa proposta principal é o estímulo à saúde”, afirma a diretora, ressaltando que no local serão vendidos sucos verdes e bolinhos feitos com receitas saudáveis.

Conforme a dirigente, a renda arrecadada será revertida para manutenção do espaço e como forma de remuneração às custodiadas que confeccionam os artesanatos ou participam do cultivo da horta.

Inauguração

Realizada na terça-feira (23.5), a inauguração do Espaço Renascer contou com a participação de autoridades locais, como o juiz Cesar de Souza Lima, da 3ª Vara de Execuções Penais. Este que é parceiro do projeto que classificou a iniciativa como “uma conquista do semiaberto feminino, resultado do esforço de quem trabalha no local”.

Segundo o magistrado, a unidade prisional se destaca pelo desenvolvimento de projetos de reinserção social. “E acredito que o Espaço Renascer irá contribuir para que se diminua o preconceito com as mulheres em situação de prisão”, comentou o juiz durante a cerimônia de abertura do local.

Também participaram do ato de inauguração, a prefeita Délia Razuk e autoridades da Polícia Militar, da Guarda Municipal, do Ministério Público Estadual, funcionários do sistema penitenciário, além das detentas que fazem parte do projeto.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
TJ MS
pmcg ms