25 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Colunas

Coluna - Sexualidade - Vera Simone Adames

Fort  Atacadista - 21 ANOS

Vera acompanho sempre as tuas colunas e adoro as que falam de sexualidade. Aprendo sempre alguma coisa. Mas hoje, a minha pergunta é diferente. Tenho uma grande amiga que não escuta quando falo que seus filhos percebem que ela faz uma coisa, mas exige outra atitude do seu filho que entra em controvérsia. O que posso fazer para ajudá-la?

Obrigada pelo seu elogio. Achei muito interessante a sua preocupação na tentativa de ajudá-la. Nós aprendemos através dos nossos modelos. Quem não se lembra de algum professor da infância, de um tio ou tia, da presença marcante de um dos avós. No meu ponto de vista a principal presença na vida de uma criança é a mãe. Por isso ela tem a obrigação de tratar seus filhos com carinho, paciência e ter sempre persistência, porque as crianças muitas vezes fazem algumas peraltices, e é nosso papel diferenciar e mostrar o certo e o errado. É claro que os pais se sentem exaustos em alguns momentos, mas não podemos desistir de tentar construir um mundo melhor para nossos filhos. Um bom exemplo é a melhor conduta dos pais na educação, ou seja, o bom exemplo nas atitudes diárias, na ética e nos bons costumes em relação à sociedade. Um exemplo a não ser tido como modelo são os de alguns políticos, comunicadores ou qualquer outro tipo de pessoas que não sigam o caminho do bem, da religiosidade e dos bons princípios. Quero compartilhar com você um texto que acho belíssimo, e que para mim demonstra o que todos os pais deveriam saber e seguir através da narrativa de uma criança. Tome esse texto como exemplo e mostre a ela, comentando alguns trechos de interesse para o seu cotidiano.

Coisas que aprendi com você:
Essa é a mensagem que todos os pais deveriam ler, porque seus filhos estão olhando para vocês e memorizando o que vocês fazem não o que apenas vocês dizem. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi você pegar o primeiro desenho que fiz e prendê-lo na geladeira, e, imediatamente, eu tive vontade de fazer outro para você. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi você dando comida a um gato de rua, e eu aprendi que é legal tratar bem os animais. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi você fazer meu bolo preferido para mim e eu aprendi que as coisas pequenas podem ser as mais especiais na nossa vida. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, ouvi você fazendo uma oração, e eu aprendi que existe um Deus com quem eu posso sempre falar e em quem eu posso sempre confiar. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi você fazendo comida e levando para uma amiga que estava doente, e eu aprendi que todos nós temos que ajudar a tomar conta uns dos outros. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi você dando seu tempo e seu dinheiro para ajudar as pessoas mais necessitadas e eu aprendi que aqueles que têm alguma coisa devem ajudar quem nada tem. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu senti você me dando um beijo de boa noite e me senti amado e seguro. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi você tomando conta da nossa casa e de todos nós, e eu aprendi que nós temos que cuidar com carinho daquilo que temos e das pessoas que gostamos. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi como você cumpria com todas as suas responsabilidades, mesmo quando não estava se sentindo bem, e eu aprendi que tinha que ser responsável quando eu crescesse. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi lagrimas nos seus olhos, e eu aprendi que, às vezes, acontecem coisas que nos machucam, mas que não tem nenhum problema a gente chorar. 

Quando você pensava que eu não estava olhando, eu vi que você estava preocupada e eu quis, fazer o melhor de mim para ser o que quisesse. 

Quando você pensava que eu não estava olhando foi quando eu aprendi a maior parte das lições de vida que eu precisava para ser uma pessoa boa e produtiva quando crescesse. 

“Quando você pensava que eu não estava olhando, eu olhava para você e queria te dizer :“obrigado por todas as coisas que eu vi e aprendi quando você pensava que eu não estava olhando”.

Dra. Vera Simone Adames • Psicóloga - CRP 14/01303-8 • Terapeuta Sexual • Membro da Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana • Endereço para correspodências: Rua Eduardo Machado Metello, 288 Chácara Cachoeira II - Fone: (67) 3327-2006

Banner Whatsapp Desktop
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
AL MS