25 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Desarmamento

Chuvas no Sudeste já deixam 35 mortos

26 dezembro 2013 - 12h55
Santa Maria de Jetibá, no Espírito Santo
Santa Maria de Jetibá, no Espírito Santo - João Rudio
As fortes chuvas que atingem o Sudeste do Brasil neste mês já deixaram ao menos 35 mortos em Minas Gerais e no Espírito Santo, segundo as últimas atualizações das defesas civis estaduais. Houve danos em ao menos 127 municípios dos dois estados.
 
No Espírito Santo, o número de mortes subiu para 18 quando, na madrugada de ontem (25), os bombeiros conseguiram resgatar três corpos que estavam soterrados após um deslizamento de terras em Colatina, a 135 quilômetros da capital Vitória e perto da divisa com Minas Gerais. A busca só foi possível porque as chuvas, que atingem a região de maneira quase ininterrupta, deram uma trégua. No entanto, voltou a chover nesta tarde e as tempestades devem se prolongar no estado até o próximo domingo.
 
Em Minas Gerais, Estado que já soma 17 mortes, foi encontrado na manhã de ontem o corpo de Leandro de Souza Batista, de sete anos. Ele estava desaparecido desde que sua casa, na área rural da cidade de Sardoá (a 330 quilômetros da capital Belo Horizonte), foi totalmente soterrada por um deslizamento de terra.
 
O abastecimento das cidades também já está comprometido. Segundo moradores, nas prateleiras dos supermercados já são raros produtos como leite, arroz e água potável. Reportagem do Jornal Hoje, da Rede Globo, mostrou que em Itaguaçu, um dos municípios mais atingidos do Espírito Santo, que teve oito mortes, todos os supermercados foram inundados. Um deles, que abriu para fazer a limpeza, colocou os produtos na rua e moradores disputavam os sacos cobertos de lama.
 
As tempestades atingem os dois estados desde o começo do mês. Mas, em Minas Gerais, elas se intensificaram nas últimas duas semanas e, no Espírito Santo, há pouco mais de uma. 
Banner Whatsapp Desktop
TJ MS
Banner TCE