22 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Acidente

Catéter é retirado do coração de bebê com sucesso na Santa Casa de Campo Grande

3 dezembro 2009 - 15h27
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  Terminou há pouco a cirurgia do pequeno Enzo, de apenas sete meses, para a retirada do fragmento de um catéter “esquecido” no corpo da criança durante uma cirurgia no coração logo após o nascimento.

  Os cirurgiões inseriram um outro catéter acoplado a uma pinça e conseguiram retirar o material que foi deixado no coração de Enzo. Caso essa opção não fosse bem sucedida, os médico optariam por uma cirurgia mais complexa.

  Enzo agora está em observação na Santa Casa, e será acompanhado pelos médicos. A cirurgia se estendeu ao longo da manhã desta quinta.

  A preocupação dos médicos com a cirurgia era com a idade do bebê, além do tamanho do objeto a ser retirado e o local onde está alojado.

Angústia

  A família do jovem Enzo viveu um drama. Já nos primeiros dias de vida, por ser prematuro, o bebê precisou passar por um cateterismo, no coração. Para aumentar a aflição, o catéter quebrou enquanto estava sendo retirado e o médico não percebeu que parte do material cirúrgico ficou no corpo da criança.

  A mãe do bebê só descobriu o problema há pouco mais de 20 dias, quando levou o filho a um posto de saúde e depois de tirar um raio-x ficou surpresa ao saber que a causa da febre de Enzo era o erro médico.

  Só nesta semana é que Silvana ficou sabendo que o pedaço de cateter não está perto, está dentro do coração do menino.

  A Associação das Vítimas de Erros Médicos de Mato Grosso do Sul entrou com uma denúncia junto ao Ministério Público Federal (MPF) e pretende ainda esta semana, entrar com uma ação no Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul (CRM/MS).

Banner Whatsapp Desktop
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
PMCG