23 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Meio Ambiente

Campanha pretende coibir tráfico de animais e diminuir superlotação no Cras

7 agosto 2009 - 16h50
Fort  Atacadista - 21 ANOS
 e pretende intensificar a fiscalização nas estradas para coibir traficantes de animais silvestres.

   Segundo o coordenador do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), Vinícius Andrade, as quatro salas para reabilitação de aves estão lotadas. “Mobilizamos os órgãos fiscalizadores para intensificarem as operações de combate ao tráfico de animais silvestres, tendo em vista que neste período, meses de setembro e outubro, aumenta o número de apreensões de papagaios devido a sua procriação e as salas do Cras já estão lotadas” afirmou Vinícius.

   O coordenador do Cras demonstra a preocupação com os cuidados com os animais devido a grande quantidade de papagaios e outros pássaros apreendidos em 2008. “Estamos com 350 gaiolas de pássaros juntamente com os papagaios apreendidos em 2008 e 2009. Não temos mais condições de receber animais apreendidos, principalmente aves” alertou Vinícius.

  O Cras aguarda a autorização do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renonváveis (Ibama) para liberar os animais no seu habitat natural. A campanha de fiscalização e combate ao tráfico de animais silvestre foi decidida após uma reunião realizada no dia 06, onde participaram Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar Ambiental, Ibama, Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul e o Cras.

   Policiais a agentes federais estarão passando por treinamento e capacitações para intensificarem a fiscalização nas rodovias. O tráfico de animais silvestre é crime federal e prevê multa e pena de detenção.
Banner Whatsapp Desktop
PMCG
TCE - Devolução Auxílio Emergencial