03 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Internacional

Bolívia tem 39,7 mil famílias desabrigadas pelas chuvas e 32 mortes

6 fevereiro 2014 - 12h00
O ministro da Defesa da Bolívia, Rubén Saavedra, divulgou ontem um balanço dos danos causados pelas chuvas e inundações dos últimos dias em 109 municípios de várias regiões do país. Até o momento, 32 pessoas morreram, seis estão desaparecidas e há 39,7 mil famílias desabrigadas. “Cento e nove municípios estão em estado de emergência e, além das vítimas, quase 17,5 mil hectares de terra foram danificados”, ressaltou Saavedra.
 
Os departamentos mais afetados são Cochabamba, Chuquisaca e Potosí. De acordo com o ministro, a Defesa Civil montou um esquema especial para atender emergências e apoiar as cidades danificadas.
 
Funcionários do ministério, militares e voluntários ajudam no transporte e na logística de distribuição de medicamentos e alimentos nas regiões afetadas. “Ao todo, 120 toneladas de alimentos foram transportadas”, informou.
 
Saavedra pediu que população boliviana doe alimentos para o programa de ajuda humanitária. “Precisamos adquirir 170 toneladas para ajudar aos desabrigados”, disse ele.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE