21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Enem

Beira-Mar e quase 400 detentos do Estado prestarão provas do Enem nesta terça

5 janeiro 2010 - 09h03
Beira-Mar vai fazer prova do Enem em Penitenciária Federal de Segurança Máxima em MS
Beira-Mar vai fazer prova do Enem em Penitenciária Federal de Segurança Máxima em MS
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  Entre os detentos que vão passar pelo exame estão o traficante carioca Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, condenado a cerca de 150 anos de prisão e Marcos de França, acusado de participação no assalto a caixa-forte do Banco Central de Fortaleza, o maior da história brasileira, registrado em 2005 e condenado a 21 anos de prisão. Ambos estão presos no Presídio Federal de Campo Grande.

  Ao todo são 42 detentos do Presídio Federal que irão participar do processo seletivo do Enem. Atualmente, os presos recebem aulas, oferecidas pelo Governo de Mato Grosso do Sul, de alfabetização e ensino fundamental. O departamento de reabilitação do Presídio Federal realiza a inscrição do detentos que prestarão o exame, junto ao Ministério da Educação, que no dia das provas enviam fiscais para acompanhar a aplicação das provas, dentro do próprio presídio. Agentes penitenciários federais fazem a escolta dos detentos.

Enem nos presídios

 Os detentos participantes do Enem farão a prova nesta terça-feira (5) e amanhã (6), às 13h (horário de Brasília). A prova será aplicada nas unidades prisionais que tenham efetuado a inscrição de seus detentos e que mantenham programas especiais de ensino médio. A aplicação especial foi decidida dentro do sistema logístico de segurança do Enem.

 Na terça-feira (6), das 13h às 17h30, serão aplicadas nos presídios as provas IV (Ciências da Natureza e suas Tecnologias) e III (Ciências Humanas e suas Tecnologias). No dia 6, quarta-feira, os detentos farão a prova I (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias), a prova II (Matemática e suas Tecnologias) e também a redação. O horário de aplicação será das 13 às 18h30.

 Embora as questões sejam diferentes daquelas constantes das provas do Enem regular, nível de dificuldade da prova será idêntico, graças à utilização da Teoria de Resposta ao Item (TRI), modelagem estatística utilizada em avaliação de habilidades e conhecimentos, utilizada na elaboração da prova do Enem deste ano e de agora em diante.

 Em todos os outros detalhes, a prova aplicada aos detentos será idêntica à regular.

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
ALMS