25 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Futebol

Barcelona nega fazer acordo fiscal e assumir culpa na contratação de Neymar

11 março 2014 - 13h05
O Barcelona emitiu um comunicado oficial onde negou a informação de que fará um acordo fiscal e também negou que assumirá a sua culpa por irregularidades na contratação do atacante Neymar.
 
"Sobre algumas informações difundidas nas últimas horas, o FC Barcelona desmente categoricamente ter externado para a Receita sua disposição de chegar a um acordo com a condição de admitir a existência de delito contra a Fazenda Pública, para encerrar assim a causa judicial aberta por infração tramitada na justiça em relação a contratação do jogador Neymar", informou o clube espanhol em nota.
 
Réu no caso Neymar, o Barcelona pode assumir a culpa no delito fiscal cometido na contratação do atacante brasileiro junto ao Santos e entrar em acordo com a Justiça espanhola.
 
A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela agência EFE e, se o acordo for fechado, o clube teria que pagar ao fisco espanhol uma multa, além de 13,5 milhões à Fazenda espanhola (cerca de R$ 29 milhões), valor que supostamente fraudou no caso.
 
"Na quarta-feira dia 5 de março, a direção designada pelo Barcelona se apresentou no Juizado Central da Instrução número 5 a fim de comparecer como parte na causa, como representação processual e direção letrada do advogado, e de designar representante, de acordo com o requerimento recebido do juizado", justificou o Barcelona.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE
TJ MS