28 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
fundador do Alibaba ressurge em evento virtual

Após meses sem aparições públicas, fundador do Alibaba ressurge em evento virtual

Trata-se da primeira aparição pública de Ma desde 24 de outubro

20 janeiro 2021 - 06h31
Jack Ma, fundador do Alibaba
Jack Ma, fundador do Alibaba - (Foto: Bobby Yip/Reuters)

O bilionário Jack Ma fez sua primeira aparição pública em quase três meses, ao falar por meio de um link de vídeo em evento filantrópico nesta quarta-feira, 20 informou a imprensa da China. Porta-vozes da Jack Ma Foundation e do Ant Group, o gigante de tecnologia financeira comandado por Ma, confirmaram a notícia.

"Jack Ma participou na cerimônia online do evento anual Iniciativa Professor Rural, em 20 de janeiro", diz a fundação do bilionário em comunicado ao Wall Street Journal. As ações do Alibaba listadas em Hong Kong saltaram com a notícia.

Trata-se da primeira aparição pública de Ma desde 24 de outubro, quando o fundador do Alibaba e acionista controlador do ANT fez um discurso controverso em um fórum financeiro em Xangai, com críticas a reguladores por supostamente atrapalharem a inovação financeira e tecnológica. As declarações enfureceram a liderança chinesa e levaram o presidente Xi Jinping a decidir pessoalmente cancelar a oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações do ANT Group, que estava prestes a ser realizada em Hong Kong e Xangai.

Dias antes do discurso, quatro reguladores chineses haviam convocado Ma e outros dois executivos do ANT Group para uma reunião a portas fechadas, no início de novembro. O ANT Group foi forçado a desistir de seu IPO, no qual tinha expectativa de levantar mais de US$ 34 bilhões e avaliar o gigante do setor de tecnologia financeira em mais de US$ 300 bilhões.

O Alibaba, ao lado de outras empresas de internet e e-commerce da China, tem sido alvo recentemente de reguladores antitruste. No fim de dezembro, autoridades locais lançaram investigação sobre supostas práticas contra a concorrência nas plataformas de e-commerce do Alibaba. Fonte: Dow Jones Newswires.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS
Banner TCE