03 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Mundo

Aos 83 anos, morre na Austrália o flamingo mais velho do mundo

1 fevereiro 2014 - 13h20
Os funcionários do zoológico de Adelaide, na Austrália, estavam de luto nesta sexta-feira. Isso porque o mais antigo “morador” do local morreu nessa quinta-feira, aos 83 anos: trata-se de “Maior”, o flamingo mais velho do mundo, de acordo com informações da agência AFP. A ave foi sacrificada por complicações causadas pela idade avançada.
 
O animal chegou ao zoológico em 1933. A preocupação do staff do local agora é com a reação do flamingo Chilly, já na casa dos 60 anos e antigo companheiro do octogenário.   “Apesar de ser extremamente triste para todos nós, era a coisa certa a se fazer.
 
Não havia tratamento médico que pudesse melhorar a qualidade de vida” do flamingo, disse a chefe-executiva do zoológico de Adelaide, Elaine Bensted, sobre a morte da ave.  
 
Flamingos selvagens não vivem tanto tempo, por conta de predadores e ausência de tratamento médico.
 
Enquanto essas aves costumam viver décadas em cativeiro, elas tem uma expectativa média de 25 anos quando na natureza.
Banner Whatsapp Desktop

Deixe seu Comentário

Veja Também

Mais Lidas

Banner TCE