23 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Teatro

Antropofagia cultural em cena neste domingo em Campo Grande

28 outubro 2009 - 16h33
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  A partir das 20 horas, no Teatro do Prosa – Sesc Horto, a jornalista, atriz, coreógrafa, artista plástica e diretora teatral, Blanche Torres, mostra mais uma vez sua tendência multimídia e multicultural - e por que não, antropofágica - sem abrir mão das caracterizações específicas do Centro-Oeste brasileiro.

   No trabalho “COREOgeografiaMS”, a cargo do Grupo Dome, ela faz um apanhado bem apurado de personagens, situações e segmentos que formam a sociedade sul-mato-grossense. A oportunidade é única e o preço também. O ingresso pode ser comprado antes do espetáculo, na bilheteria do teatro, por apenas R$ 5,00.
 
  Através de um texto e coreografia que homenageiam a coreógrafa alemã Pina Bausch, falecida em junho passado, Blanche ainda costura situações através de questões regionais como a cultura indígena, o poder do agronegócio e uma trilha sonora que vai de Helena Meirelles a Caetano Veloso, passando por Ney Matogrosso, Almir Sater, Tetê Espíndola e Uakti.
 
  A diretora concebeu o espetáculo, que integra o projeto Dança MS e que tem o apoio do Governo do MS através do Fundo de Investimento Cultural (FIC).

  A bailarina Társila Bonelli, 26 (23 anos de experiência na dança), que integra o elenco do espetáculo, salienta que em sua carreira, Pina costumava conhecer com seus bailarinos, a realidade dos países onde realizavam as suas turnês, captando influências para o repertório de suas peças.

  “Desde o início dos ensaios em março deste ano, fazemos um trabalho semelhante”, conta, justificando as situações multifacetadas de um trabalho antropofagicamente cultural.
 
  Ela ressalta que nas cidades em que o grupo Dome tem passado, a receptividade vem sendo surpreendente. “A platéia interage o tempo todo com o elenco; destaque para as seqüências como do leilão e a cena da mulher do fazendeiro que narra uma suposta traição da parte do marido”, cita Tarsila, acreditando que a dinâmica do espetáculo, deve-se ao fato do elenco contar com bailarinos de diversas formações e estilos, com vários tipos de corpos.
 
  “Em vários momentos, vemos e ouvimos o público ter reações assistindo a peça, seja lembrando situações vividas na infância ou com os olhares atentos a crítica social implícita”, comenta o bailarino Flávio Calixto, 29, que tem experiência de oito anos de dança contemporânea.
 
  O circuito do "COREOgeografia MS", já passou por Naviraí, Dourados, Itaporã, Amambaí e Maracaju. Em todos os lugares em que foi encenado o espetáculo teve público numeroso. No dia 18 de outubro, foi apresentado novamente no Teatro Municipal de Dourados.

  No dia 1º de novembro chega a Campo Grande no Teatro Prosa do Sesc Horto. Os ingressos – a R$ 5,00 -  podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro no dia da apresentação, a partir das 18 horas. O endereço é Rua Anhandui, 200, centro. Mais informações com a própria diretora pelo fone (67) 9213-7137.
 
  As apresentações do “COREOgeografiaMS” serão finalizadas em Glória de Dourados, dia 7 de novembro. O elenco do Grupo Dome é formado por Andiara Pacco, Bruno Silva, Flávio Calixto, Luan Dalmaso, Liziane Zarpellon, Moisés Augusto, Rosana Segatto, Savana Rossato e Társila Bonelli.

Banner Whatsapp Desktop
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
AL MS