23 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Governo

André assina autorização de licitação para construção da sede do Gaeco

28 dezembro 2009 - 14h50
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  “No máximo em oito meses vamos entregar a obra, que deve começar em março e terminar em outubro de 2010”, afirmou o governador, acompanhado do procurador-geral de Justiça, Miguel Vieira da Silva, durante a solenidade realizada na Governadoria.

    De acordo com o procurador-geral de Justiça, o convênio entre o MPE e o governo do Estado prevê a construção da obra, através da secretaria estadual de Obras Públicas e Transportes (Seop). “O custo será dividido 50% para o MPE e 50% para o Estado. O governo constrói e retira o valor mensalmente do orçamento. A parceria com o Estado vem dando certo”, explica.

   O Gaeco funciona atualmente no prédio da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado, na rua Joaquim Murtinho. O novo local de funcionamento do grupo, conforme Vieira, com 612 metros quadrados, será construído ao lado da sede do MPE, no Parque dos Poderes. “Vamos ter melhores condições de trabalho e, consequentemente, mais produtividade do Gaeco”, avalia o procurador-geral de Justiça. 

   Segundo o coordenador do Gaeco, Luiz Alberto Safraider, no local atual foram feitas adaptações para receber os equipamentos utilizados. “No novo espaço, o trabalho será realizado com maior comodidade e segurança, principalmente na distribuição de trabalhos na área de inteligência”, conta.

   O Gaeco, continua Safraider, atua em três linhas específicas: tráfico de drogas; corrupção e lavagem de dinheiro e área tributária. “Além outros crimes por determinação do procurador-geral de Justiça”, explica.

   Também participaram da solenidade o secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Wantuir Jacini; o diretor-executivo da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), Wilson Cabral Tavares, representando o secretário da Seop, Edson Giroto; o vice-prefeito de Campo Grande, Edil Albuquerque; o procurador-geral adjunto, Antônio Siufi Neto, além de promotores do MPE.

Banner Whatsapp Desktop
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
AL MS