21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Posse

Ailton Morilhas toma posse hoje na presidência do CFO

11 dezembro 2009 - 13h31
Fort  Atacadista - 21 ANOS

    Ailton encabeçou a chapa “Compromisso com a Odontologia “ que obteve 86% dos votos na eleição realizada no último dia 6  de novembro.

  Entre as propostas apresentadas  a serem implementadas no triênio 2009/2012, estão a luta pela revisão da Lei 4.324/64 – com as modificações sugeridas pelos Conselhos de Odontologia – e pela regulamentação da Lei 5.081/66; a agilização das tramitações dos processos na Autarquia através da informatização; maior divulgação às ações desenvolvidas pelo CFO; criação de Câmaras Técnicas das especialidades odontológicas; deliberação e verificação com os CROs sobre as suas reais necessidades, de acordo com a missão dos Conselhos; e a promoção do 1º Congresso dos Conselhos de Odontologia.

  Morilhas, que é o atual vice-presidente do CFO, reitera que aprovação, no Congresso Nacional, dos projetos de lei do piso salarial da odontologia  e da criação da odontologia do trabalho serão prioridades na nova gestão.

   O primeiro é o PL 3734/08, que altera para R$ 7 mil o salário mínimo profissional de cirurgiões-dentistas e médicos. A matéria, de autoria do deputado Ribamar Alves (PSB-MA), já passou pela Comissão de Trabalho da Câmara e aguarda votação na Comissão de Finanças e Tributação.

  O segundo, de autoria da Comissão de Legislação Participativa da Câmara, é o PL 957/03, que há um ano aguarda votação na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania daquela Casa. A proposta obteve parecer do relator, deputado Colbert Martins (PMDB-BA), pela constitucionalidade, juridicidade e técnica legislativa.

  A matéria, entretanto, foi rejeitada quanto ao mérito nas comissões de Seguridade Social e Família e de Trabalho, Administração e Serviço Público. Por esse motivo, caso seja aprovada na CCJ, terá ainda que passar pelo Plenário da Câmara.

  Além da prioridade para a aprovação dos dois projetos de lei, o novo presidente pretende dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito nos últimos 10 anos, quando esteve na vice-presidência do CFO, tendo como presidente Miguel Nobre.

  Isso significa lutar pela união da classe odontológica, das entidades representativas da categoria e das profissões auxiliares e pela melhoria das condições de trabalho dos cirurgiões-dentistas.


O novo plenário do CFO

Membros efetivos

1. Ailton Diogo Morilhas Rodrigues

2. Benício Paiva Mesquita

3. Emanuel Dias de Oliveira e Silva

4. Ermensson Luiz Jorge

5. José Mário Morais Mateus

6. Leonardo Marconi Cavalcanti de Oliveira

7. Mário Tavares Moreira Júnior

8. Outair Bastazini

9. Rubens Côrte Real de Carvalho

Membros suplentes

1. Cláudio Fontoura Nogueira da Cruz

2. Ericson Leão Bezerra

3. Evanilde Borges Viana

4. Genésio Pessôa de Albuquerque Júnior

5. Maria Izabel de Souza Ávila Ramos

6. Maria Rita Ibañez de Lemos

7. Paulo Sérgio Moreira da Silva

8. Samir Najjar

9. Tito Pereira Filho

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
Annelies