22 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju covid
HABITAÇÃO

Agehab faz pré-seleção para novas moradias em Taquarussu

O programa visa financiar a construção de casas, por intermédio da Caixa Econômica Federal, com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e subsídio Federal e do Estado, em parceria com os municípios

11 agosto 2020 - 17h47
O processo foi feito por meio de sistema eletrônico, atendendo critérios de seleção que deverão ser comprovados por meio de documentação
O processo foi feito por meio de sistema eletrônico, atendendo critérios de seleção que deverão ser comprovados por meio de documentação - (Foto: Chico Ribeiro)

A Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) realizou nesta terça-feira (11), a pré-seleção de famílias para o Programa Financiado com Recursos do FGTS no município de Taquarussu. 30 casas serão construídas no Loteamento Urbano Hélio Batista Gomes.

O processo foi feito por meio de sistema eletrônico, atendendo critérios de seleção que deverão ser comprovados por meio de documentação. Acesse  aqui a lista dos pré-selecionados .

A diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez, destacou a seriedade do sistema de seleção e a oportunidade das famílias na realização do sonho da casa própria.

“A próxima etapa será a comprovação dos critérios pontuados no sistema pelos pré-selecionados. O acesso a unidade habitacional dependerá da análise da documentação que será verificada, só então a pessoa poderá prosseguir no acesso a sua moradia própria”.

O prefeito Roberto Nem participou da seleção e falou da importância da parceria para viabilização do empreendimento. “A parceria entre a Agehab, Caixa e Município, com a doação dos terrenos, está sendo essencial para que as famílias saiam do aluguel e tenham acesso a casa própria”.

O programa visa financiar a construção de casas, por intermédio da Caixa Econômica Federal, com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e subsídio Federal e do Estado, em parceria com os municípios.

Para participar, o cidadão não pode ter casa própria; não deve ter sido beneficiado em outro programa habitacional ou ter recebido subsídio do FGTS; não poderá ter restrição cadastral e deve possuir renda dos componentes do financiamento e capacidade do pagamento, exigidos pelo agente financeiro do programa.

Cada unidade habitacional possui dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço com acessibilidade. Todos os empreendimentos terão infraestrutura básica.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
GAL COSTA
TJ MS
pmcg ms