29 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
ELEIÇÃO OAB MS

Advogados, o que eles esperam da OAB?

Na próxima sexta-feira (20), acontece a eleição da OAB. Conheça quais são as principais reivindicações dos advogados sul-mato-grossenses.

16 novembro 2015 - 08h30Suelen Morales
Ilustração


No mês de novembro ocorrem as eleições para os cargos de direção da Ordem dos Advogados do Brasil e Seccionais. Serão eleitos presidente, Conselheiros (Estaduais e Federais), Tesoureiros, Diretores de Caixa de Assistência, diversos outros que estarão à frente da OAB no próximo triênio 2015-2018.

O rumo da advocacia em cada região está em jogo. Muitos advogados se queixam que as campanhas ficaram menos propositivas e se distanciaram dos anseios de classe, o que afasta o desejo de participar e votar. 

Por isso, queremos saber: Para você, qual o maior problema da advocacia, hoje? Qual o papel da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) nos rumos da advocacia? O jornal A Crítica foi em busca dessas respostas com quem atua diariamente na área e sabe bem, quais são os anseios e no que a OAB/MS pode melhorar. 

Confira o que os advogados sul-mato-grossenses esperam da Ordem, para os próximos três anos:

"Que a OAB se volte para o advogado, profissão que vem vendo sendo desrespeitada. Espero a criação de mais varas tanto na área trabalhista, cível, criminal e outras. E também que tenhamos mais juristas atuando em prol da sociedade sul-mato-grossense", Oclécio Assunção.

"Espero uma OAB mais jurídica e menos ideológica no contesto dos conflitos fundiários em razão das invasões indígenas quanto aos Devido Processo Legal em contra ponto ao "fazer justiça com as próprias mãos", no contexto do Estado Democrático de Direito", Luana Ruiz Silva.

"Espero uma OAB menos voltada à política de grupos e mais atenta a real necessidade dos advogados", Stheven Razuk .

"Espero que a OAB continue sempre procurando defender nossos interesses como advogados para que possamos exercer livre e dignamente nossa profissão, mas sem nos colocar necessariamente como adversários do Ministério Público, Poder Judiciário e demais poderes. É necessário que haja diálogo, até mesmo para que essas e outras instituições melhor entendam e respeitem o nosso ponto de vista e nossas necessidades.  Em outro tema, espero e gostaria que a OAB/MS procurasse retomar iniciativas educacionais que por diversas razões acabaram descontinuadas, como o acesso aos cursos de pós-graduação presenciais da PUC/SP", Renato Pavan.

"Espero que continue o trabalho em prol do novo advogado, o aperfeiçoamento e as defesas das prerrogativas. Este é um trabalho que deve continuar. Acredito também, que precisamos de ações em prol da própria OAB que é o coração da advocacia, como o investimentos em infraestrutura", Tiago Koutchin.

"A cada triênio o espírito democrático se manifesta dentro OAB. Tomara que os pretendentes à cargos de direção da Ordem sejam merecedores de tanto e possa realmente criar uma Ordem mais justa em benefício da classe e dos princípios de direito e de justiça em prol da cidadania.", Rodolfo Bertin .

"O resgate das verdadeiras funções da OAB. Que se empenhem nos problemas da sociedade, como o caso da corrupção em que não fizeram nenhuma manifestação. A OAB não esta empenhando seu papel efetivo no país, olhar para os problemas sociais. A OAB está omissa." Laercio Arruda Guilhem.

"Espero que seja dirigida por pessoas competentes e que dignifiquem está instituição que é tão cara para a sociedade." Coraldino Sanches Filho 

"O que falta hoje é uma manifestação mais expressiva da Ordem, com relação aos diversos problemas que estamos enfrentando. Liberar a velha postura da OAB em ser o porta-voz da sociedade." Gustavo Passarelli 


Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS