21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Curso

2º turma de curso técnico de vestiário no SENAI e SINDIVEST/MS

7 janeiro 2010 - 16h11
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  O Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul) e o Senai encerram no próximo dia 20 janeiro de 2010 as inscrições (via agências dos Correios) ao 2° turma do Curso Técnico do Vestuário noturno voltado para a produção industrial do Estado. Ao todo são 70 vagas, sendo 35 para Campo Grande e 35 para Três Lagoas, sendo que os interessados ainda têm até o dia 20 de Janeiro de 2010 para se inscrever via Internet pelo site http://www.inscricao.ms.senai.br/inscricao/inscricao.php?id=1 e com investimento de R$ 20,00.

O curso vai capacitar profissionais para atuarem na criação e desenvolvimento de coleções, preparação de modelagem, corte e união das partes componentes das roupas, programação, execução da produção, controle de qualidade e processo de industrialização. O processo seletivo será realizado no dia 16 de agosto, a partir das 8h30, nas unidades do Senai em Campo Grande e Três Lagoas.

Com início em março 2010, o curso terá 18 meses de duração e carga horária de 1.370 horas - 380 horas para modelista e desenhista de vestuário, 760 horas para costureiro industrial e 1.140 horas para gestor de processos de vestuário.

“Além dos treinamentos em costura industrial, as empresas do setor do vestuário no Estado também necessitam de mão-de-obra com qualificação técnica para gestão da produção, design, estilo, negócio da moda e graças aos esforços da parceira Sistema Fiems, Sindivest/MS, o Senai disponibiliza na Capital, Três Lagoas e Dourados curso técnico para formar esses profissionais”, destacou o presidente do Sindivest/MS, José Francisco Veloso Ribeiro, reforçando a importância do curso para as indústrias do Estado.

Segundo a empresária Juliana Aranda, da República Universitária, um dos gargalos da indústria do vestuário em Mato Grosso do Sul é a falta de mão-de-obra qualificada para o setor em todos os níveis. “Com essa iniciativa de mais uma turma do curso e também outra turma da FatecSenai, estamos dando mais um passo para resolver essa demanda. Ao oferecer cursos técnicos no setor, o Estado se tornará ainda mais atrativo para novos empreendimentos”, declarou.

Bolsas

Para os candidatos que alcançarem bom desempenho nas provas do Processo Seletivo Unificado, o Senai vai garantir ainda bolsas de estudo, sendo que os industriários também poderão ser beneficiados com descontos que podem chegar a 100% sobre a mensalidade de R$ 165,00. De acordo com o gerente de Educação e Desenvolvimento Tecnológico do Senai, a concessão das bolsas está divida em três modalidades distintas: mérito, condição sócio-econômica e para os funcionários das indústrias.

Na categoria meritória, tem direito a bolsa de estudo os três primeiros colocados classificados em cada uma das turmas dos 10 cursos oferecidos, sendo que o percentual concedido varia de parcial a integral, dependendo da classificação do aluno aprovado. Para o primeiro lugar, o desconto é de 100%, obtendo assim bolsa integral, enquanto para o segundo o desconto é de 50% e para o terceiro colocado chega a 15%.

Já na modalidade sócio-econômica, a concessão está limitada a duas bolsas por turma, desde que o candidato solicite e comprove sua condição vulnerável através da apresentação de documentos. “Para comprovar a vulnerabilidade sócio-econômica, serão analisados a renda bruta familiar, as condições de moradia, se existem casos de doenças graves na família e ainda se a família arca com outras despesas de educação, se existem pessoas portadoras de necessidades especiais e até o número de pessoas que dependem da mesma renda”, discriminou Jesner Escandolhero.

A terceira modalidade de concessão de bolsas contempla os trabalhadores da indústria que deverão comprovar por meio de documentos o vínculo empregatício. Os percentuais concedidos poderão chegar a 30% de acordo com a classificação das empresas que foram divididas em cinco categorias. “Para esta modalidade não há limites de vagas para a concessão de bolsas. Dessa forma nós estamos criando um diferencial para as empresas industriais contribuintes do Sistema Fiems”, lembrou gerente de Educação e Desenvolvimento Tecnológico do Senai.

Serviço – As inscrições poderão ser feitas até dia 23 de Novembro/09 a 20 de Janeiro de 2010 nas agências dos Correios ou no site http://www.inscricao.ms.senai.br/inscricao/inscricao.php?id=1 , sendo que mais informações pelo telefone 0800 7070 745

 

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
PMCG