01 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Saúde Bucal

20 de Março - Dia Mundial da Saúde Bucal

14 março 2014 - 15h15
No dia 20 de março, data que se comemora o Dia Mundial da Saúde Bucal, ressaltamos a importância do cuidado com a boca, ela é a porta de entrada para a saúde e também doenças. O cuidado com a saúde bucal é indispensável em todas as faixas etárias, a conscientização sobre questões dessa natureza deve partir de todos – crianças, jovens e idosos – todos devem praticar uma boa higiene oral, pois assim terá sempre dentes saudáveis.
 
Segundo o especialista em Periodontia e Implantodontia, Dr. Rogério Penna da clínica odontológica NOAC, 90% da população do planeta sofrerá de algum tipo de doença bucal em sua vida. “Esses dados são da Federação Dentária Internacional (FDI) que visa conscientizar a sociedade sobre a importância da saúde bucal, através da prevenção” explica.
 
Escovar os dentes de forma correta (no mínimo três vezes ao dia), e fazer visitas regulares aos consultórios odontológicos são recomendações diárias, seja em campanhas, publicidades ou através dos canais de comunicação (tv, rádio e jornais). Alguns planos de saúde não cobrem procedimentos odontológicos e muitas pessoas se queixam dos valores cobrados pelos tratamentos particulares, já que a rede pública oferece apenas o básico. Isso impede que elas busquem por tratamento bucal, e o resultado são problemas que surgem no decorrer da vida.
 
“A maioria das pessoas procuram por um dentista somente quando sente dor, geralmente não fazem uma boa higienização, não tem o hábito de escovar os dentes após as refeições, não adquirem ao longo da vida maneiras de combater doenças na cavidade oral, o que pode provocar danos no organismo em geral. É importante ressaltar que o cuidado com os dentes, gengiva e mucosa bucal tem papel crucial na capacidade de realizar atividades diversas, como trabalhar e estudar, além de melhorar a autoestima e confiança das pessoas”, disse.
 
Segundo dados da FDI, apenas 60% da população mundial tem acesso a cuidados bucais, sendo que 60% a 90% das crianças são afetadas pela doença ‘cárie’ ainda na idade escolar. Outro fator preocupante é que a dor de dente é a razão maior para o absentismo nas escolas em muitos países. Doenças periodontais estão se tornando comum. Os principais fatores de risco são o consumo do tabaco e álcool, além de gordura, sal e açúcar, eles contribuem para uma série de doenças crônicas, incluindo doença bucal e câncer. “Esses dados são de uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), onde destacou que o câncer na cavidade oral está mais presente em homens.A doença pode atingir várias partes do rosto incluindo olhos, bochechas, orelhas e principalmente regiões internas da boca. O caso pode ser revertido com a retirada das áreas comprometidas e o implante de prótese e tecidos”, explica.
 
No Brasil um dos principais problemas de saúde bucal é a cárie. Dados apontam que criança com idade de 12 anos tem índice de cárie que chega a 56%, e o número médio de dentes atacados pela doença é de 2,1, com variações por regiões. Os jovens que necessitam de próteses dentais chegam a 52%. Entre os adultos o destaque cabe a uma importantíssima inversão de tendência: as extrações de dentes vem cedendo espaço aos tratamentos restauradores. Em adultos, as necessidades de próteses reduziram-se em 70%.
 
“Os jovens estão perdendo os dentes com mais facilidade e precocemente, devido ao acesso livre ao vício por produtos que prejudicam a saúde bucal. A falta de um dente pode trazer sérios riscos à saúde do corpo. É importante e recomendável que se faça consultas regulares (mínimo duas vezes ao ano). Não devemos colocar na balança o valor das consultas, mas sim quanto vale nossa saúde. Escovar diariamente e realizar sempre limpezas com especialistas irá ajudar na prevenção de muitas doenças.  ressalta Dr. Rogério
 
Fonte: Ministério da Saúde / FDI
 
 
 
 
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE