20 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Festa no Interior

10ºFestIn Bonito: “Histórias do Rio Negro” revela curiosidades da população ribeirinha

28 julho 2009 - 18h00
Fort  Atacadista - 21 ANOS

     O desconhecido, na maioria dos casos, provoca receio e medo. Mas para outros, o não-conhecimento aguça a curiosidade em conhecer, descobrir e participar daquilo que não é comum. A programação de cinema do 10º Festival de Inverno de Bonito (FestIn Bonito) reserva um encontro com o inédito no documentário “Histórias do Rio Negro”.

     Dirigido por Luciano Cury, e tendo o médico Dráuzio Varella como interlocutor, o filme de 86 minutos discorre sobre a população ribeirinha que reside próximo a um dos símbolos amazônicos: o Rio Negro. Mais que as belezas naturais, “Histórias do Rio Negro” traz a vida de quem vive e sobrevive do Rio Negro.

     Além da realidade, o filme exibe a crença da população, em casos como a aparição do curupira, do mapinguari (uma espécie de Pé Grande dos trópicos), de botos que se transformam em gente, além das aventuras vividas por garimpeiros, piaçabeiros e seringueiros. Em certo ponto, é difícil distinguir o que é fato do que é imaginação.

     Ao todo, foram rodados 1.100 quilômetros pelo rio, de São Gabriel da Cachoeira até Manaus, capital amazonense. Durante 20 dias de viagem a bordo do barco “Escola da Natureza”, o diretor Luciano Cury conduziu as entrevistas de Dráuzio Varella, conhecedor desse modelo de abordagem provado em obras como “Estação Carandiru” e “Por um fio”.

     “Histórias do Rio Negro” será exibido no dia 30 de julho, às 18h45, no EcoCine, um espaço de cinema ao ar livre localizado na Rua Senador Felinto Muller. Mais informações e a programação completa do 10º FestIn Bonito em www.festivaldebonito.com.br

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
PMCG