02 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SESI - Campanha Industria Geração de Empregos 1
amador

Tido como o programa de fim semana de muitos, futebol amador de Campo Grande retorna aos poucos

Segundo o presidente da UEFA, Cleiton Ferreira de Menezes, os campeonatos acabam sendo o grande entretenimento de muitos nos campinhos da Capital

26 outubro 2020 - 16h00Iury de Oliveira
Campeonatos de terrinha é uma das opções de diversão dos bairros
Campeonatos de terrinha é uma das opções de diversão dos bairros - (Foto: Divulgação)
Fort Atacadista Natal

Parados desde março por conta da pandemia, os campeonatos de futebol amador, mais conhecido como "terrão", está retornando aos poucos em diversos bairros de Campo Grande.

Responsável pela organização de 26 competições espalhadas por Campo Grande, a União Esportiva de Futebol Amador de Mato Grosso do Sul (UEFA) enviou na última sexta-feira (23) um oficio para a prefeitura e para a Fundação Municipal de Esporte (FUNESP) com um plano de retorno das atividades. A pretensão da UEFA é que os jogos  da principal competição feita por eles, a Liga Terrão, retornem no dia 5 de dezembro.

Segundo o presidente da UEFA, Cleiton Ferreira de Menezes, os campeonatos acabam sendo o grande entretenimento de muitos nos campinhos da Capital. “Os campos estão sempre cheios, as pessoas vem para se divertir”, completa.

A organização foi criada há 14 anos para unir os organizadores e melhorar a organização dos campeonatos. "Temos reuniões frequentes para organizar os calendários, criamos um regulamento geral, cuidamos para que as datas das finais não coincidam... Enfim, entregamos um padrão de organização aos eventos”, acrescentou.

Os campeonatos movimentam a região

Por conta disso, a maioria dos torneios conta com patrocínios que contribuem para a realização dos campeonatos. “A grande maioria das vezes esses parceiros nos ajudam com materiais como bolas, uniformes, materiais de construção usados para reforma dos campos, traves, redes e etc. E nas poucas vezes que vem em dinheiro, ele é revertido no campeonato também”, conta Cleiton.

Mas nem todos os campeonatos de futebol amador de Campo Grande são ligados a UEFA. Uma delas é a Taça das Favelas. Após seis meses parado, o campeonato voltou no último domingo (25) em sua fase semifinal. O torneio contou com 32 times divididos em quatro regiões; Alves Pereira, Caiobá, Uirapuru, Norte. A fase final é jogada no Alves Pereira.

Segundo Gabriel Venze, organizador do campeonato, o campeonato é custeado pelo comercio local. “Os times só pagam a arbitragem, premiação e outros custos vêm dos comércios que nos ajudam”, disse.

Os comerciantes costumam apoiar devido ao retorno obtido pela movimentação de pessoas em dias de jogos. “Sempre que pedimos a eles colaboram. Eles vendem bastante nos finais de semana com partidas, então acaba sendo bom pra todos”, alega.

Venze já tem planejado outro torneio previsto para iniciar após o termino dessa. Esse torneio já tem quarenta times confirmados.

Com 21 anos de tradição, o Campeonato do Terrinha também planeja a volta de suas atividades. Nos dias e 7 e 8 de novembro a bola volta a rolar nas categorias amador e veterano. No amador pode jogar a partir dos 14 anos, já o veterano acima do 38 anos. Os jogos são no campo do terrinha, na Vila Almeida.

O torneio é organizado pelo coronel Mario Ângelo Ajala e diferente de outros campeonatos não têm patrocínio. “Optamos por não ter parceria, a competição é bancada com o dinheiro da inscrição que cobramos dos times”, alega.

Banner Whatsapp Desktop
Comper sem sair de casa

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

O que você pretende fazer com o 13º salário?

Votar
Resultados
Natal Comper
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia
PREF DE MJU