30 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanha Bonito Seguro - Fase 2
Esporte

Jogo Uruguai x Argentina define a última vaga direta para Copa-2010

14 outubro 2009 - 14h27
Argentina precisa vencer para ir a Copa
Argentina precisa vencer para ir a Copa - Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  No mesmo palco em que a "Celeste Olímpica" fez 4 a 2 na Argentina no Mundial pioneiro, uma vaga direta na 19ª Copa estará em jogo às 19h (de Brasília). O mais antigo clássico sul-americano pela primeira vez vale muito para os dois lados do Rio da Prata em eliminatórias.

  Nos dois últimos qualificatórios, uruguaios e argentinos se mediram também na rodada final, mas, com os visitantes já classificados, os jogos tiveram pouca emoção --o válido para o Mundial de 2002, em especial, viu equipes desinteressadas e com suspeitas de terem combinado o placar da partida.

  Hoje (14), quem vencer está na Copa de forma direta. Quem perder, ficará fora do Mundial se o Equador ganhar do Chile em Santiago. Se der empate no clássico, ambos ficarão na dependência do que ocorrerá na partida dos equatorianos.

  A Argentina tem um ponto a mais que o Uruguai (25 a 24) e com empate ao menos se garante na repescagem --o Equador precisaria vencer por cinco ou mais gols de diferença para superar o saldo argentino no caso de empate no Centenário.

  Por isso, a necessidade maior da vitória é do Uruguai, que jamais perdeu um jogo em casa para a Argentina em eliminatórias --obteve uma vitória e dois empates nesses duelos.

  O Uruguai quer vaga direta para evitar repetir o que ocorreu nas últimas eliminatórias, quando foi eliminado num mata-mata diante da Austrália. Agora, o rival da repescagem vem da Concacaf --esse vai ser Costa Rica ou Honduras.

  Há um enorme pessimismo na Argentina com a seleção do técnico Diego Maradona.

  "Parece que o adversário é o Brasil de 1970 e nós não existimos", falou Jorge Higuaín, ex-jogador argentino que é pai de Higuaín, atacante titular hoje.

  Ele disse essa frase em um programa de TV em que todos os jornalistas apontavam para o pior em Montevidéu.

  "É só um jogo de futebol, não uma batalha", falou Maradona.

  Desde 1970 a Argentina não deixa de participar do Mundial. Porém há supersticiosos argentinos que vislumbram até o tricampeonato em 2010.

  Para as eliminatórias da Copa de 1986, os argentinos só conseguiram a vaga com um gol nos minutos finais do reserva Gareca, num jogo dramático debaixo de chuva, como aconteceu no sábado passado. Maradona, assim como Messi, não brilhou tanto naquela campanha nas eliminatórias, mas explodiu na Copa no México, quando a Argentina superou o Uruguai (rival da vez) por 1 a 0.

  Um punhado da Copa de 30, uma pitada de Mundial de 86, e o Uruguai x Argentina volta a ofuscar até o Brasil por 2010.

 

 

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
AL MS