04 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
ESPORTE

Inter de Milão perde do Barcelona e cai na Liga dos Campeões; Dortmund avança

10 dezembro 2019 - 18h18
HVM

A Inter de Milão foi a vítima do "grupo da morte" da Liga dos Campeões da Europa. Atual líder do Campeonato Italiano, o time milanês foi derrotado pelo Barcelona por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Giuseppe Meazza, e acabou eliminado ainda na fase de grupos da mais importante competição de clubes do continente. Além dos espanhóis, o Borussia Dortmund se classificou no Grupo F às oitavas de final ao ganhar do Slavia Praga, da República Checa, por 2 a 1, na Alemanha.

Ao final da sexta e última rodada, o Barcelona ficou com a primeira colocação ao somar 14 pontos. O Borussia Dortmund terminou em segundo lugar com 10, três a mais que a Inter de Milão. O Slavia Praga ficou na lanterna com apenas dois pontos somados. Como consolação pelo terceiro posto na chave, os italianos ganharam o direito de disputar a Liga Europa a partir da segunda fase eliminatória.

Em campo, Inter de Milão e Borussia Dortmund começaram seus confrontos como mandante sabendo que a igualdade de pontos favorecia os italianos. Classificado antecipadamente e com a primeira colocação já garantida, o Barcelona pôde dar um descanso para alguns jogadores, entre eles o craque argentino Lionel Messi. Mas nem isso impediu os espanhóis de mostrarem a força do elenco.

No primeiro tempo, a Inter de Milão teve mais iniciativa para atacar, mas os rápidos contra-ataques catalães sempre levavam perigo. Em um deles, aos 23 minutos, saiu o primeiro gol marcado pelo garoto Carles Perez. Pouco antes do intervalo, os italianos, depois de tanto pressionarem, empataram com o centroavante belga Romelu Lukaku, que acertou um forte chute rasteiro, da entrada da área, no canto esquerdo do goleiro brasileiro Neto.

Na segunda etapa, com a necessidade de vencer para não depender do resultado do Borussia Dortmund, a Inter de Milão foi ainda mais ao ataque e teve gols anulados por impedimentos, mas deu espaços para o Barcelona. No final, aos 42, outro garoto da base, o guineense naturalizado espanhol Ansu Fati decretou a vitória espanhola e a eliminação, a segunda seguida do clube italiano na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Na Alemanha, o Borussia Dortmund começou bem contra o Slavia Praga e logo abriu o placar com Jadon Sancho, aos 10 minutos de jogo. Mas levou um susto enorme com o empate checo pouco antes do intervalo, aos 43, Tomas Soucek. No segundo tempo, com a Inter de Milão empatando contra o Barcelona, os alemães estavam sendo desclassificados e foram ao ataque. O gol da vitória saiu com Julian Brandt, aos 16, e a partir daí foi segurar o resultado e torcer para os italianos não vencerem. No final tudo deu certo.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)
Cornavirus
agecom - fullbanner