01 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
aguas novembo
CT Pantaneiro

CT Pantaneiro/Moreninhas garante três medalhas e vence o Estadual de Manoplas de Boxe

O time campo-grandense conquistou a medalha de ouro na classe feminina, com Emilli Soares, de 16 anos, além da prata e bronze no masculino, respectivamente, com Muriel Nunes e David Brito

27 outubro 2020 - 15h07
CT Pantaneiro/Moreninhas vence Estadual de Manoplas de Boxe
CT Pantaneiro/Moreninhas vence Estadual de Manoplas de Boxe - ( Foto: Governo do Estado MS )
Fort Atacadista Natal

O CT Pantaneiro/Moreninhas, de Campo Grande (MS), garantiu o título por equipe, ao obter 193 pontos no Campeonato Estadual de Manoplas, realizado no último fim de semana. A competição teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

O time campo-grandense conquistou a medalha de ouro na classe feminina, com Emilli Soares, de 16 anos, além da prata e bronze no masculino, respectivamente, com Muriel Nunes e David Brito. “Disputamos o Estadual com time da categoria cadete e fomos campeões. Isso significa que estamos com uma ótima equipe”, destacou Paulo Britto, técnico do grupo campeão.

A segunda colocada foi a Vila Popular, também da Capital, assegurando a medalha de ouro na classe masculina com Kevin Xavier, de 21 anos. Na final, o boxeador obteve nota 10 de média. Muriel Nunes, vice-campeão, ficou com nota 8,5 de média. Já a Top Team Fighters ficou com a terceira colocação, ao obter as medalhas de bronze e prata no gênero feminino.

A primeira edição do Campeonato Estadual de Manoplas de Boxe teve disputas apresentadas em sistema on-line. Ou seja, cada equipe fez suas respectivas apresentações em suas próprias academias ou local de treinamentos, com acompanhamento de uma central de monitoramento, com a presença dos árbitros. Os critérios explosão, velocidade, força e movimentação, acompanhados de todos os golpes do boxe, foram critérios de análise dos juízes. A iniciativa seguiu rígidos protocolos de biossegurança.

A manopla é considerada o melhor exercício de boxe para simular uma luta ou sparring. Com a exigência de um parceiro de treino, a prática possibilita que o atleta execute movimentos de luta mais arriscados, sem que esteja de fato em combate.

O presidente da Federação de Boxe de Mato Grosso do Sul (FDBMS), Marcelo Nunes, enfatizou que a competição correspondeu às expectativas, pois reuniu alguns dos melhores atletas do Estado, e ainda serviu para movimentar a modalidade.

Confira abaixo a classificação:

Por equipes

Campeã: CT Pantaneiro
Vice-campeã: Vila Popular
3º lugar: Top Team Fighters
4º lugar: Associação Aguilera de Boxe

Individual masculino

Campeão: Kevin Xavier, da Vila Popular
Vice-campeão: Muriel Pereira Nunes, do CT Pantaneiro/Moreninhas
3º lugar: David Brito, do CT Pantaneiro/Moreninhas

Individual feminino

Campeã: Kemilli Soares, do CT Pantaneiro/Moreninhas
Vice-campeã: Kivinim Rosa, do Top Team Fighters
3º lugar: Debora Rosa, do Top Team Fighters

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia