21 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
ESPORTE

Cruzeiro diz que confusão foi mal-entendido e garante boa recepção à Chapecoense

2 junho 2017 - 07h53
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

A classificação do Cruzeiro às quartas de final da Copa do Brasil quase acabou manchada por uma confusão generalizada. Ao término do empate por 0 a 0 com a Chapecoense, na Arena Condá, na noite de quinta-feira, os ânimos se exaltaram nos vestiários entre jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes dos dois clubes.

Após a confusão, o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Bruno Vicintin, se pronunciou sobre o incidente. Ele lamentou a confusão, que acabou se resumindo a um empurra-empurra, especialmente após o lateral Diogo Barbosa, do time mineiro, jogar um copo na direção dos adversários. Além disso, o dirigente assegurou que se tratou de um lamentável mal-entendido.

"Cruzeiro e Chapecoense são clubes irmãos. Após a tragédia do fim de 2016, o primeiro atleta emprestado para a Chapecoense foi um do Cruzeiro, o Douglas Grolli, que arcamos com a maior parte dos salários. Temos uma parceria muito grande. Aconteceu um fato lamentável. Era uma conversa entre um atleta e um membro da nossa comissão técnica, e eles estavam se queixando pelo tempo de acréscimo, os sete minutos, que foram exagerados. Infelizmente o presidente da Chape Plínio De Nês escutou e achou que era com ele. Foi um mal-entendido muito grande. O importante é que não aconteceu nada, já está totalmente superado", disse Vicintin.

Como havia superado a Chapecoense por 1 a 0 no Mineirão, o Cruzeiro avançou com a igualdade. Mas a arbitragem na Arena Condá causou polêmica, especialmente por um gol anulado de Wellington Paulista, o que revoltou alguns torcedores do time da casa. Um deles, inclusive, feriu o quarto árbitro Evandro Tiago Bender ao acertá-lo com um objeto após o fim do duelo.

Coincidentemente, Cruzeiro e Chapecoense voltarão a se enfrentar no domingo, mas agora no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto é importante, pois ambas as equipes somam sete pontos, com os catarinenses na primeira posição e os mineiros em terceiro lugar.

Vicintin garantiu que a confusão não se repetirá no fim de semana, assegurando que a Chapecoense será muito bem recebida em Belo Horizonte. "Foi um fato lamentável, mas uma confusão sem maiores consequências. Sempre fomos muito bem recebidos aqui em Chapecó, somos um Clube parceiro e ele Plínio reiterou isso, ele é amigo do nosso presidente. Da parte do Cruzeiro, o assunto está totalmente superado. A Chape vai ser muito bem recebida como sempre foi no Mineirão", comentou.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
GAL COSTA
pmcg ms
TJ MS