24 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
multicasas novo
ESPORTE

Crutchlow lidera treinos livres da etapa italiana da MotoGP e Rossi é 14º

2 junho 2017 - 09h48
Fort Atacadista Natal

O britânico Cal Crutchlow foi o mais rápido no primeiro dia de atividades da etapa italiana da MotoGP, a sexta das 18 previstas para a temporada 2017, realizada no circuito de Mugello. Enquanto isso, o italiano Valentino Rossi fechou a sexta-feira em 14º lugar nas sessões de treinos livres.

Crutchlow, da LCR Honda, terminou a atividade inicial em uma modesta décima colocação, mas depois reagiu no segundo treino livre, o liderando com a marca de 1min47s365, um desempenho que dará esperanças ao sétimo colocado no campeonato de conseguir um bom resultado na sequência do fim de semana da etapa da Itália.

Correndo em casa, Rossi não teve grande desempenho nesta sexta-feira, mostrando ainda sentir os efeitos do acidente ocorrido enquanto treinava de motocross na semana passada. O italiano chegou a ser dúvida para a prova em Mugello, mas acabou sendo liberado, ainda que sofra com dores. Mas terminou o dia em uma modesta 14ª colocação, com a marca de 1min48s000.

Quem mais se aproximou de Crutchlow, então, foi o italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, que liderou o primeiro treino livre com o tempo de 1min47s394, o segundo melhor do dia. O alemão Jonas Folger, da Yamaha Tech3, ficou na terceira colocação, com 1min47s543, à frente do italiano Michele Pirro, da Ducati, com 1min47s595.

Líder do campeonato com três vitórias em cinco provas realizadas, o espanhol Maverick Viñales, da Yamaha, fechou a sexta-feira em quinto lugar, com 1min47s699, seguido pelo francês Johann Zarco, da Yamaha Tech3, com 1min47s674.

A relação dos dez primeiros colocados dos treinos livres desta sexta-feira em Mugello foi completada por quatro pilotos espanhóis. Dani Pedrosa, da Honda, foi o sétimo colocado, Hector Barberá, da Avintia Ducati, ficou em oitavo e Álvaro Bautista, da Aspar Ducati, terminou em nono, seguido por Jorge Lorenzo, da Ducati, que venceu cinco das últimas seis edições da etapa italiana. O espanhol Marc Márquez, atual campeão da MotoGP, decepcionou nesta sexta-feira e fechou o dia em uma modesta 13ª posição, logo à frente de Rossi.

Os pilotos voltam ao circuito de Mugello neste sábado, quando será realizado o treino de classificação a partir das 9h10 (horário de Brasília). A etapa da Itália tem largada prevista para as 9 horas de domingo.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia